quinta-feira, 10 de março de 2011

Isto é tudo muito bonito, mas...

... que idade é que ela vai ter quando os filhos estiverem a estudar, a precisar de uma cunha para um emprego, a casar ou a ter filhos? Pois é, minha senhora, isso de ter um filho aos 60 anos, sem tratamentos de fertilidade, tanto pode ser visto como uma maravilha como um acto de tremendo egoísmo e mesmo uma irresponsabilidade tremenda!

""To know that she can still successfully raise young at age 60-plus, that is beyond words," Bruce Peterjohn, [...] said in a statement."

Dizes tu, que não tens que os criar! Mas sobra para ti em termos de apoios sociais e outros que tais, ficas a saber! Por exemplo, essa senhora sozinha já precisou de 5 bandas de alumínio e deve ter dado à luz uns 30-35 filhos! Felizmente nunca gémeos, senão ia ser uma desgraça!

Ah, estamos a falar de uma senhora albatroz (uma "albatroza", portanto) chamada Wisdom... se soubessem, ter-lhe-iam chamado Longevity, ou Fertility ou outra coisa mais adequada...

(as bandas de alumínio eram, naturalmente, para anilhagem)

11 comentários:

NI disse...

E eu com os meus quarentas já preocupada com a menopausa.

Nota - A minha avó materna foi mãe aos 53 anos. O que vale é que houve uma irmã mais velha para tomar conta do irmão caçula pois a minha avó morreria 4 anos mais tarde.

Paula NoGuerra disse...

Fabulástico! ;D

Fada disse...

Quase merece uma canção... "Quem é o pai da criança?" ;)

O início do texto preocupou-me...
Malandra! ;)

Beijinhos

Abobrinha disse...

Ni

Não vale a pena preocupares-te: ela vem, quer queiras quer não!

Caraças, a tua avó tinha qualquer coisa de albatroz! Também conheço histórias dessas... e de miuditas de 20 anos que não conseguem engravidar nem à lei da bala. Às vezes a Natureza é assim uma coisa estranha mesmo.

Abobrinha disse...

Paula, é realmente curioso.

Abobrinha disse...

Fada

Bem, não havia que preocupar: não era contigo e não. E já houve mulheres (de 2 patas e polegar oponível) que tiveram filhos dessa idade e mais velhas. Mas com recurso a FIV e óvulos doados. Mas isso é outra história.

O pai... olha lembras bem: deve ser um albatroz novito, aposto! Ah, valente!

Eu Mesma! disse...

Eu cá acho que é puro egoísmo....
a criança deveria ser retirada à nascença à mãe....

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Por essa lógica, tiravas as crianças às mães adolescentes, a todas as mães que não têm dinheiro para criar um filho em condições e por aí adiante. Mas não fazes isso.

E ter um filho não é um acto egoísta só por si?

Abobrinha disse...

Excepto na albatroza, claro: enrolada com um albatrozinho fresquinho, aí com 10 ou 20 aninhos... espertalhona!

GATA disse...

Mais vale uma 'albatroza' sexagenária que muita 'franguinha' de vintes!!!

Salvé as 'aves' que se reproduzem, que nós -os 'felinos'- estamos em vias de extinção...

JP disse...

"Abo"
Desejo-lhe as maiores felicidades do mundo. Extensivos ao puto. :-)
Beijitos