terça-feira, 2 de março de 2010

Pensamento parvo do dia

Se o José Rodrigues dos Santos adapta o sotaque de cada vez que aparece um nome estrangeiro ou mesmo uma marca ou capital estrangeira, não fazia mais que a obrigação dele senão falar com sotaque madeirense ou açoreano quando dá notícias sobre as regiões autónomas. Além de mostrar respeito pelas regiões autónomas, serviria de entretenimento para as massas! ... mais do que o que já serve!

E pronto, no meio de desgraças que passam na televisão ainda tenho a presença de espírito de pensar nestas coisas!

22 comentários:

Eu Mesma! disse...

ainda bem que eu estou sozinha em casa...

o que eu me ri :)

Bruno disse...

Eis um comentário que faz todo o sentido. Comentei com um colega meu que quando JRS chegasse ao Haiti iria pronunciar Port-au-Prince com o melhor sotaque crioulo haitiano, ao invés de, como a generalidade dos jornaleiros tugas, pontapear a pronúncia francesa com a calinada "portóprance", feitos intelectuais.

Dito e feito, não só a primeira crónica haitiana do JRS mostrava já uma perfeitíssima pronúncia "pórrouprance", como ele ainda conseguiu surpreender-nos quando, aprumado com o seu colete de repórter da década de 80 (digno de um álbum do Tintim), se meteu nas ruelas de uma favela de Port-au-Prince para falar com um Mestre Vudu.

Mas o comentário faz todo o sentido. "São Miguel" tem de ser dito à moda corisca, sem dúvida.

Sadeek disse...

Também acho. Ou agora há estrangeiros de 1ª e estrangeiros de 2ª? ;)

BEIJOOOOOOOOOOOOOOO

Fada disse...

Acho que o pensamento não é nada parvo!

Enganaste-me!

Humpfff...


;)

Beijitos :)

Ninja! disse...

Hehe, muito bem observado!

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Acho que teria mais piada se te risses à frente de mais gente. De qualquer modo, ainda bem que te fiz rir.

Abobrinha disse...

Bruno

Que posso dizer? São as evidências!

Abobrinha disse...

Sadeek

Não é estrangeiro, mas é autonomia. Acho que merece respeito! Isso e... pronto, queria ver o José a fazer fraca figura!

Abobrinha disse...

Fada

Não foi com intenção: achava mesmo que era parvo! Beijo!

Abobrinha disse...

Ninja

Lá está: faz um certo sentido!

JP disse...

Andas a ver TV a mais... faz-te mal!
Beijos

Sadeek disse...

Não é estrangeiro? Então? :D

BEIJOOOOOOOOOOOO

Francis disse...

quero que ele se lixe, sem sotaque.

mas é muito bem visto.

Abobrinha disse...

Sadeek

Nope, não é estrangeiro. Mete-me mesmo impressão falar-se de "Portugal e a Madeira" ou "Portugal e os Açores" porque autonomia e independência não não a mesma coisa. E eu gosto das ilhas! Muito!

Abobrinha disse...

Francis

Eu também quero que ele se lixe... mas com sotaque e a fazer mais figura de parvo que o costume tem muito mais piada. E depois continuo na minha: era uma demonstração de respeito pelas regiões autónomas... ou só um motivo para eles se rirem, que é uma coisa de que estão a precisar de momento. Lá está, um pouco de solidariedade sob outra forma.

continuando assim... disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Abobrinha disse...

Eliminei este comentário porque tenho pouca tolerância a que venham para aqui promover o próprio blogue e não dizer uma única palavra acerca do que eu escrevi.

Sadeek disse...

AHHAHAHAHA......não seja assim senhora! Estava obviamente a brincar. Raio da mulher que leva estas coisas tão a peito pá.... :D

Olha se eu dissesse que Portugal ia só até Alverca....ainda me mandavas o Pidá cá abaixo...HAHAHA

BEIJOOOOO

Desbafejado pelas Musas disse...

EU AMO VOCÊ!!!

Abobrinha disse...

Sadeek

Só até Alverca??? Há quem diga que só vai até Coimbra, imagina tu!

Abobrinha disse...

Sadeek

Só até Alverca??? Há quem diga que só vai até Coimbra, imagina tu!

Abobrinha disse...

Desbafejado

... estás a precisar de óculos, filho...