quinta-feira, 2 de julho de 2009

O meu pai tem um grande coração

E isso é bom! Mas de vez em quando é relevante outro aspecto da (digamos) personalidade dele: também tem um grande carro! Parecendo que não... dá jeito!

Passa-se que fui ao IKEA trocar a estante. Mas fui trocar a estante por outra maior! E como já descobri há coisa de ano e meio a importância dos 20 cm, desta vez resolvi apelar ao seu grande coração... e carro! E correu bem! A começar pelo facto de eu ter conseguido estacionar aquele mastodonte na minha garagem, mesmo que os sensores de estacionamento tenham gritado o tempo todo porque a minha garagem é assim mais para o estreitinha (atenção que há potencial badalhocal nesta afirmação!).

E, mais uma vez, provei que não preciso de namorado para nada: arrastei um peso absolutamente medonho para o popó do paizinho... sozinha! Por estas e por outras é que ando a sorrir: sou auto-suficiente! E estou a ficar com um lar e não só com um sítio para dormir!

... e com um bocado de sorte, não tenho que ir ao IKEA trocar mais nada...

17 comentários:

Tilt disse...

Ainda vais descobrir o amor da tua vida no IKEA.... a ajudar jovens simpáticas que não conseguem chegar tão alto para poder trocar as suas estantes....

olha que....

rds disse...

Paizão então !!!!

Eu Mesma! disse...

É louca!!!!!!

Compraste aquela que falamos???? Se sim... é louca... aquilo tem 3 módulos cada qual com um peso completamente surreal....

eu sei....
tb andei a carregar esse peso há um mes atrás.. apesar de no meu caso o pai levou o carro e os belos dos braços para me ajudar :)

NI disse...

Se tiver tempo quem vai ao IKEA este fim-de-semana sou eu.

Preciso de mudar alguma coisa em minha casa para arejar.

Chocolate disse...

Os Pais são do BEST!!!

mas podias ter pedido os bracinhos tb como a EU MESMA!

bjs

ManUel disse...

nao sei pqê, ao ler o teu post só me ficou uma coisa retida na cabeça:

"porque a minha garagem é assim mais para o estreitinha"

que garagem apertadinha, que doçura de mulher!

Que mente conspurcada a minha!

Storyteller disse...

O que faríamos nós sem os nossos Pais e sem os carros grandes deles?

rds disse...

TecnoDear, cuide-se tens concorrência ou mana nova!
http://www.blogger.com/profile/13891012514805032011

Abobrinha disse...

Tilt

Por acaso quem me ajudou desta vez foi uma moça!

Mas quem sabe? Já conheci pessoas nas situações mais estranhas!

Abobrinha disse...

Raiodesol

Grande papá!

... grande carro!

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Entre outras coisas comprei a estante de que falamos! E carreguei tudo sozinha para o carro. E descarreguei tudo sozinha! E vou montar tudo sozinha! Mas... sou capaz de precisar do papá para me ajudar a pôr a estante no sítio!

E comprei mais umas paneleirices que já tenho a uso! Pior: estou cheia de ideias novas!!!

Abobrinha disse...

Ni

Vê com atenção a coleção de Verão. Tem umas cadeirinhas e mesas para jardim muito catitas e em preço. E eu gosto de andar por lá!

Abobrinha disse...

Chocolate

As palavras exactas que disse ao meu pai foram: podes vir comigo, mas vais apanhar a maior seca da tua vida. E ele confiou em mim! E confiou na minha capacidade de me desenrascar, o que é bom! Mas se eu lhe pedisse, ele teria ido comigo!

Abobrinha disse...

Manuel

Estás a ver? O resto ficou tudo distraído com estantes e armários e o grande carrão do meu pai! Ou seja, coisas que não interessam a ninguém! Só tu é que estás no espírito certo!

... OK, isso é a tua maneira de me dizer que preciso de voltar às badalhoquices. Eu não me esqueço!

Abobrinha disse...

Storyteller

... menos do que fazemos com eles, é certo...

Abobrinha disse...

Raiodesol

Lá está, somos dois vegetais que blogam! Tenho que voltar com mais atenção!

Anónimo disse...

Tanta insistência no: "Eu não preciso de um namorado/homem, para nada"...