sexta-feira, 10 de julho de 2009

O mundo não precisa de mais uma feira medieval!

Diz a Rosa Pomar, famosa artesã urbana que "o mundo não precisa de mais pregadeiras em feltro sintético". O mesmo se poderá dizer de eventos medievais neste mundo e mesmo neste país.

Há neste momento por este país uma série de festivais, festas e feiras medievais. Muitas mesmo. Demais? Tantas que me esquece o nome de todas. Não sei o que de tão interessante tiveram os tempos medievais, mas pronto, há quem aprecie a idade das trevas. Pessoalmente eu prefiro meia luz para determinadas ocasiões e luz brilhante para passeios. Mas isso sou eu aqui a falar!

De tão iguais que se tornaram essas feiras e festivais... ficaram... iguais!

Eis senão quando...

... Vila Nova de Gaia inova! Seja benvindo ao Festival Erótico Medieval de Vila Nova de Gaia! De 9 a 12 de Julho nos Carvalhos, Vila Nova de Gaia.

P A R O U !

Não era nos medievais que as gajas andavam quase de burka? O que é que isso tem de erótico? Bem, pelos vistos fui enganada pelos livros de História! O sistema de ensino já enganava tão obviamente quando eu andava no 8º ano. Pelos vistos havia:

- contadores de "estórias" eróticas;

- lutas de varapaus. Num contexto erótico, não sei exactamente de que varapaus se trata. E não sei se quero saber;

- shows de striptease a cavalo. Dado que o cavalo regra geral se apresenta nú, suponho que o processo consista em levar os cavaleiros e as amazonas a ficar como o cavalo;

- espectáculos, entre os quais shows lésbicos e acrobacias vaginais. Acroba... quê?

- áreas gay e transformista;

- áreas de swingers;

- área de lutas na lama. Dúvida: estará aromatizada com bosta de cavalo? Eu acho que devia: seria bem mais característico.

O que não dizem é se no fim desta salsada agirão à medieval: torturar este povo todo e mandar tudo para a fogueira. Isso sim, ia ser giro! E muito fiel à época!

"O primeiro certame dedicado ao erotismo na Idade Média vai contar também com a participação de artistas nacionais e internacionais. São de destacar Lesly Kiss, Billie Raise, as Exotic Angels e até mesmo a famosa acrobata erótica Sónia Baby, que já habituou o público português a inusitados recordes."

Inusitados recordes? Não sabia! Dado que há uma secção de instrumentos de tortura (troncos de prisão, cadeira tortura, esmaga cabeças, berço de Judas, interrogatório, esmagador de peitos, artefactos de cabeça), um deles devia ser tentar sobreviver o máximo de tempo dentro de uma dama de ferro! Pena só dar para fazer isso uma vez! Mas seria altamente erótico e muito medieval! OK, pronto, só medieval! Vá lá, uma de duas... mas ao menos ela gritaria à brava!

E cá ficam as fotos dos artistas! Alguém me diga quão diferentes são estes artistas dos restantes festivais eróticos, sim? E daí... o que é que isso interessa?

24 comentários:

Canseiroso disse...

Idade das trevas?...Jasus Maria Santísima...

Lá tenho que me ir confessar amanhã...

Mas quem me mandou vir aqui a estas horas da noite?

Caranguejo disse...

Primeira impressão....WTF.

Depois venho tentar dizer algum comentário se é que há alguma coisa que se possa dizer mais :)

bj

Icon disse...

WTF?!?!?!?!?
Mas tá tudo doido!?!?!
Nem sei o que mais diga!!!!

Aninhas disse...

Festival Medieval erótico??? Parece que naquele tempo eram muito para a "frentex"... :-p Inventam-me cada uma!!!

Sadeek disse...

Não conheces a Sónia Baby, senhora?! A mulher que consegue meter 50 bandeirinhas dentro dela como se fosse boas chinesas?!

Ahh....e realmente o ensino...é que eu aprendi que na idade média andavam era de armadura...e isso...isso é que não é nada erótico...HAHAHA

BEIJOOOOOOOOOOOOOO

Eu Mesma! disse...

Eu confesso que adoro feiras medievais....
gosto da dinâmica da coisa :)

Storyteller disse...

MAs andam todos loucos? Não lêem livros de História e romances históricos? Não sei se já perceberam, mas a Idade Média era pródiga em badalhoquice. E não, não estou a gozar. Aliás, neste momento tenho como leitura de cabeceira o livro «O Escrivão», de Catherine Jinks. Segundo a capa, é «Uma história de auto-descoberta, deboche e traição na França do século XIV». Segundo a contracapa, «Raymond está dividido entre a sua tend~encia para os prazeres proibidos e o seu desejo de encontrar refúgio na Igreja. Mas empreenderá uma viagem de auto-descoberta, que começa por um pénis mutilado». Que tal? Parece-vos bem?

NI disse...

Abobrinha, como deves imaginar fui das primeiras pessoas a ter conhecimento da realização desta feira porque surgiram algumas dúvidas legais quando do pedido de licenciamento. A verdade é que na altura dei uma valente gargalhada com a descrição dos eventos que se iam realizar.

Abobrinha disse...

Canseiroso

O que quer que faças amanhã, não te esqueças: ajoelhou, tem que rezar!

Abobrinha disse...

Caranguejo e Icon

Curiosamente foi precisamente essa a minha primeira reacção!

Abobrinha disse...

Aninhas

Quer-me parecer que isso foram invenções DESTE tempo! Mas não quero saber: estou curiosa pelo strip a cavalo. E pela tortura!

Abobrinha disse...

Sadeek

Bandeirinhas? De quê? E para quê? E como é que sabes essas coisas, seu depravado?

A armadura hoje chama-se preservativo. HAHA!

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Têm o seu encanto!

Abobrinha disse...

Storyteller

Deboche parece-me sempre bem. "Debroche" também. COntesto eventualmente a utilidade e o deb(r)oche de um pénis mutilado. É que não deve dar grande jeito!

Abobrinha disse...

Ni

Ou seja, não aprovaste o uso da dama de ferro! ... que pena!

Abobrinha disse...

E toda a gente ignorou a Rosa Pomar!

NI disse...

Eu cá autorizei tudo.

Sou lá gaja para deixar as coisas por metade, ahahahahahah

JPVale disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JPVale disse...

(agora sim!)

Boinggggg!!!!!!

Ok! Pronto! Reconheço!
Caíram-me as placas, os tomates e o penduricalho... mas que maluquice. LOLLL

Abo, mas que publicidade...
Por acaso não serás uma das «artistas» que engole o pau a arder??
:)))

Storyteller disse...

Para acrescentar (ai esta minha mania de sabe-tudo!)... o strip a cavalo não é nada de novo. Lembram-se do episódio da Lady Godiva? Que andou a cavalo pelas ruas de Coventry, Inglaterra, na Idade Média?

francis disse...

e vais ou não ?
sabes que isto faz-se há milhões de anos ?
truca truca zinga zinga é do que o povo gosta...
mas tu não sabes - ou já não te lembras - pois não estás para aí virada...
;)

Abobrinha disse...

JP

Se entendi bem o sentido que deste à coisa, e sabendo que a Ni autorizou tudo, suponho que sim. Mas como é contra-natura, suponho que a seguir sejam torturadas como deve ser!! The good old medieval way!

Abobrinha disse...

Storyteller

Não é nada disso: essa estava era muito à frente das bifas que vão para Ibiza. Mas essas nem precisam de cavalo. Se bem que parece que montam em qualquer coisa que mexa ou não...

Abobrinha disse...

Francis

A única coisa para que não estou virada é para dar € 15 para entrar. Por isso sou capaz de não ir. Para isso tinha ido ao salão erótico na FIL ou em Gondomar!

De onde te veio a ideia que eu não estava virada para essas coisas? Eu só falei do IKEA e afins!