quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Dúvida existencial

... porque é que o Público não suja as mãos, mas o JN suja? Não entendo...

22 comentários:

Eu Mesma! disse...

Não sei...
mas confesso que gosto muito do publico apesar de não ter o habito de ler jornais...

Bernardo disse...

Boa pergunta

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Storyteller disse...

Talvez porque o Público, por ser considerado um jornal «premium», tem um tipo de tinta e de papel mais jeitosinhos...
Ok, estou mesmo apenas a atirar postas de pescada!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Se bem entendo, o público é melhor para embrulhar peixe, e o JN para tapar o chao nas pinturas.

Porquê ... ora cada um escolhe o seu nicho de mercado.
cumprimentos
Valetorno

Boop disse...

Ehehehhe

As duvidas existenciais que ocupam as mentes em Agosto!

Pinkk Candy disse...

porque o papel deve ser diferente, ora essa! lloooolll
detesto a tinta nas mãos que fica quando leio os jornais :|

xoxo

Angelik disse...

Ora bem visto!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
L!NGU@$ disse...

Terá a ver com o papel? Terá a ver com o tipo de tinta?

Prefiro acreditar que é alguma conspiração manhosa para nos fazer tomar mais banhos. Não sei porquê. Porque sim!

ManUel disse...

por momentos pensava que estavas a falar numa corrupção qualquer que tinha havido... muito rebuscado!

O Público é um bom jornal.

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Eu também adoro o Público, desde que foi fundado. Se bem que o Inimigo Público seja das melhores partes do jornal!

Pena de vez em quando o Público se dedique à anorexia: está cada vez mais esquelético!

Abobrinha disse...

Bernardo

A pergunta é naquela, mas... e a resposta?

Abobrinha disse...

Storyteller

Agora que penso nisso, o Expresso não suja as mãos. Acho que se devia fazer um estudo aos jornais que sujam as mãos.

Abobrinha disse...

Valetorno

Bem, quando pintei a minha casa (sozinha!) usei o Expresso para proteger as superfícies. Por um motivo muito prático: é maior!

Acho que mais depressa estou a ver as peixeiras a lerem o JN que o Público (apesar de ter mais folhas, mas metade são classificados). Mas nunca se sabe!

Abobrinha disse...

Boop

Não digas a ninguém, mas foi só uma maneira de eu escrever quando não tinha inspiração para mais. Mas parece que a questão foi pertinente!

Abobrinha disse...

Pinkk

Pois. Agora a questão é: avisa-se a malta do JN que o jornal deles é sujo ou mantém-se a coisa assim? Eu também fiquei incomodada quando reparei que tinha as mãos todas pretas de tinta!

Abobrinha disse...

L!ngu@$

Olha tudo a pensar em tinta e papel. Tu és a prova viva de que se deve pensar fora do quadrado: é claro que é uma conspiração! Estou em crer que o JN comprou acções em empresas de água e de sabão para as mãos...

... the truth is out there...

Abobrinha disse...

Manuel

Eu não estava a falar em conspiração, mas o L!ng@% falou. E falou bem! E acho que a teoria dele é bem gira e menos redutora que tretas de papel e tinta!

Wolf disse...

JN Versus PUBLICO

Ora Ora.....

é só mesmo uma questão de tinta, ou seja da qualidade, pelo que conheço de quimicos, (salvaguardo a modéstia) e não é pouco, a tinta do publico é mais poluente, embora a fixação seja melhor, a do JN é de base de água..


será por isso que a carissima fica com as suas maozinhas sujas...inté

kiss

Abobrinha disse...

Wolf

Bem, assim sendo é por uma boa causa! JN amigo do ambiente. É um jornal do norte, carago!