quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

"Olá, eu tenho um blogue e adorava conhecer-te, ser tua amiga ou talvez algo mais..."

Não sei se era assim que a Kamae Kijima, uma moça da minha idade mas com os olhos em bico (sendo que a palavra-chave não é "bico", estranhamente) atraía o pessoal, mas mais coisa menos coisa é capaz.

"Segundo a notícia divulgada pela imprensa japonesa, Kamae Kijima aproximava-se de homens solitários através da web, atraía-os para encontros na vida real e depois de obter benefícios em dinheiro livrava-se deles. De acordo com a polícia, os crimes foram cometidos com doses de requinte, de modo que as mortes parecessem ter ocorrido por acidente ou suicídio. "

O blogue era sobre culinária... ... digo eu que homens que procuravam engate num blogue sobre culinária deviam ser mortos por definição por ser tão triste, mas pronto, isto sou eu! As vítimas eram desde um homem de 41 anos a um de 80... bem, lá diversidade ela tinha. Mesmo porque interessava era o guito: dizia que casaria com eles depois de acabar os estudos e que precisava de dinheiro para estudar. E depois de lhes sacar o verdadeiro, lá morriam eles... acidentalmente de propósito!

Diversa era também a maneira como os "suicidava" ou "acidentava": desde fazer parecer que se enforcavam, envenenamento por monóxido de carbono, afogamento, atropelamento por um comboio até um incêndio doméstico. Tudo com tranquilidade. E não, não tinha nada que ver com o Paulo Bento (não creio que ele goste de comida japonesa): é que ela dava-lhes os tranquilizantes dela para os mocar e depois é que morriam! Burra! Como assassina em série era fraquinha! E como estudante: uma estudante a sério arranjaria outros expedientes para ganhar dinheiro e para esconder a fonte do mesmo.

Como a Belle de Jour! Além de ter um blogue sobre sexo, conseguiu escrever um livro, fazer dele uma mini-série (ou seja: uma rapidinha) e esconder a identidade até recentemente. Assim, a Doutora Brooke Magnanti pôs a nu não só a própria como a pobreza que é o sistema de bolsas de doutoramento britânico e o futuro da educação: financiou o doutoramento trabalhando num bordel e é hoje uma perita em cancro infantil!

Mas não foi a única:

Among sex workers themselves there was little surprise that a well-educated woman like Magnanti had got into prostitution. "Loads of people who work in the sex industry are academics – education is a very expensive habit," said Catherine Stephens, an activist for the International Union of Sex Workers who has been a sex worker herself for 10 years.

"At a brothel I worked in, I think I was the only one not doing a PhD."

Pois... isto é excelente para quem vai às putas porque pode sempre dizer que estava mesmo à procura de conhecimento e não de sexo! E a outra é que se chamava Kamae!

Gostava ainda de saber o que é que estudava a Kamae e qual a distribuição de cursos e graus académicos entre os bordeis britânicos. Cá para mim a Kamae estudava Teatro ou pelo menos uma cena artística qualquer. Daí a tendência a encenar as mortes e possivelmente alegar que eram performances. Quanto às outras, acho que podiam ser qualquer coisa: é que realmente o saber pode não ocupar lugar... mas é um vício caro!

Ah, e homens... tenham cuidado com quem engatam online! É que pode haver alguém com olhos em bico pronta para vos fazer a Kamae...

36 comentários:

Eu Mesma! disse...

fantástico!
durante anos as mulheres tiveram medo de engates online pelo simples facto de ser "apenas" um engate...

agora sim...
mudam-se os tempos...
muda-se o sexo forte :)

Chocolate disse...

Ah pois é!
Agora são as mulheres que andam ao ataque ... lol...

Somos sem duvida, o sexo forte e ainda o seremos mais no futuro...
Mas não há necessidade de matar niguém...

Icon disse...

doida!

Fada disse...

Ahahahaha

Bem, se só assim é que conseguiria tirar o doutoramento, então prefiro ficar pelo mestrado, mesmo... :p

Beijitos :)

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Isto era para quem duvidava que as mulheres eram um perigo...

E não fomos sempre o sexo forte? Afinal, quem é que aguenta a noite toda se for preciso, quem é?

Abobrinha disse...

Chocolate

Depende! Alguns homens há que deviam passar por alguma selecção natural e algumas bloguers parecem estar a tomar o assunto em mãos.

Abobrinha disse...

Icon

Eu? Mas eu não matei ninguém!

... bem... pelo menos não consegues provar que matei!

Abobrinha disse...

Fada

O Ministrério da Ciência e da Tecnologia deviam ler este post, isso é um facto! E acho que não deviam legalizar a prostituição, senão a malta tem que pagar impostos sobre isto e lá vai parte do pecúnio!

Sadeek disse...

Fraquinha fraquinha mas o que é certo é que lhes limpou o sarampo...AHHAHAHA

NI disse...

Os homens apenas demonstraram, uma vez mais, não entender as mulheres.

As miúdas não enganaram ninguém. Disseram para o que estavam dispostas: "para ser amiga, ou algo mais...". In casu, foi para carrascas.

Abobrinha disse...

Sadeek

A minha objecção é só porque se deixou apanhar. Se fosse realmente boa não deixava vestígios, limpava o sarampo (e a varicela e a rubéola e mesmo a gripe A) a mais uns quantos e ainda chegava a doutora (por extenso). A outra só com sexo chegou a investigadora de cancro nas crianças: esta tinha condições para resolver a fome no mundo, não calhasse ser tão desleixada! É só por isso que não me conformo!

Abobrinha disse...

Ni

Os homens nunca prestam atenção aos pormenores. E é o que dizes: estava tudo lá! Dizia claramente dito "ou algo mais". Eles é que pensaram que era sexo! Só que pensaram com a cabeça errada...

Sadeek disse...

Já viste a fotografia de uma e de outra? Eu não vi a "desleixada" mas a Drª.......cuidado com aquilo...AHAHAHAH......

E nao duvido que limpava tudo...ao contrário desta...AHAHAHAH

Caranguejo disse...

Nota mental nunca falar com chinocas…principalmente mulheres.

O que nos vale é que tu não tens os olhos em “bico” dai estamos safos…ou não.

Beijo

Asa Que Não Voa disse...

Há quem não olhe a meios para atingir os fins, mas enfim... conheço um caso de uma menina que para estudar, tem mesmo que fazer algo mais.. e de outra que o faz por puro prazer.. em resumo, somos sem dúvida o sexo forte, mas para o bem e para o mal.

beijos

Boop disse...

Ele há doidos em todo o lado!

Icon disse...

aquilo que se consegue provar e aquilo que é verdade são duas coisas distintas!!

Blondewithaphd disse...

Xiiiiiii!!! Tinha de ser culinária, não sei porquê mas tinha! Ah, e gostei do "acidentalmente de propósito":)

Chinook disse...

Desde sempre as mulheres regularam o mundo independentemente das aparências.

Algumas regras definidas por alguns membros do clero em algumas religiões têm criado algumas formas de pressão mas em média elas sempre mandaram (seja a Mãe, seja a Namorada, Seja a Mulher, seja a Irmã, e por aí adiante).

E no capítulo do limpar gente sempre foram pela subtileza (o que leva a que muita gente desapareceu calmamente no sono, de indigestão, de ataques cardíacos, indo-se em vez de se vir).

Assim em nada me admira o contexto das senhoras referidas, a médica, a estudante japonesa e tantas outras histórias mais ou menos públicas...

Não é por acaso que em geral nas sociedades os nomes familiares descem pelas linhas matriarcais e não pelas patriarcais (ainda hoje em Espanha e não há assim tantas gerações inclusive em Portugal).

O serem apanhadas ou o revelarem a situação é sempre uma opção ou um desígnio de cada um, seja masculino ou feminino, mas eu diria que existem mais situações não descobertas no contexto feminino do que no masculino (eventualmente mais brutal e mais directo, mas nem sempre mais efectivo).

Isto é só um confronto com uma realidade que as histórias não contam propriamente mas que está presente ao longo da história.

Beijos

inwhitelight disse...

LOl
Estiveste muito bem agora... há que ter cuidadinho com estas coisas das internetes!!!!

Ritchie disse...

Triste triste é o engate num blog de culinária... ó coisinha decadente. Se calhar foi por isso mesmo k ela acabou por lhes limpar o sebo em vez de apenas os extorquir.
Só te digo uma coisa... ele há situações! E, já agora... Mas haviam dúvidas de que eram as mulheres mais espertas e o sexo forte? Só não se puderam revelar mais cedo pois, infelizmente, viveram demasiado tempo na sombra daquilo que os homens lhes foram, apenas, permitindo... há já muito tempo que fomos, somos e seremos ultrapassados, de longe, em muitas coisas pelas mulheres. Não em todas, que a minha espécie também tem as suas coisas boas e eu adoro fazer parte dela, vá, mas lá que vocês, mulheres, nos batem aos pontos lá isso batem.
Situações negras do passado da nossa humanidade dificilmente teriam sido possíveis tendo mulheres como lideres, podem ser umas velhacas e umas invejosas umas para as outras, mas possuem uma visão e uma forma de agir que nunca deixariam o mundo chegar ao ponto em que está, nem pouco mais ou menos.
E esta filosofia toda por causa da assassina dos blogs, é o que dá ter estado a trabalhar o fim de semana inteiro, uma pessoa dá-lhe pra isto!

Abobrinha disse...

Sadeek

A doutora é um mulherão, com a vantagem que ganhou o dinheiro honestamente. Mais: tenho a certeza de que deverá ter tirado algum prazer disso! A chinoca não sei, realmente.

Abobrinha disse...

Caranguejo

... expect the unexpected...

Abobrinha disse...

Asa

Desde que ninguém se aleije, vale tudo. E cada qual sabe de si!

... já agora, essa que costura por fora tem um blogue?

Abobrinha disse...

Boop

Oié!

Abobrinha disse...

Icon

Mas era mesmo verdade: ela matou os tipos!

Abobrinha disse...

Blonde

Quem gosta de culinária tem mesmo que ter uma atracção qualquer por facas. Não me venham dizer que é inocente!

Abobrinha disse...

Chinook

Essa de alguns terem algo mais que uma indigestão... acredita que há-de ter sido mesmo assim... e continua! E com requintes de malvadez, como naquele episódio do CSI em que a outra põe veneno do peixe fugu nas unhas, que a outra lambe e morre!

... a culinária é um mundo!

Abobrinha disse...

Inwhitelight

Na internet como em tudo o resto... pensar com a cabeça errada é im perigo!

Abobrinha disse...

Ritchie

Não ser faz trabalhar o fim de semana todo... aposto que a culpa terá sido de uma mulher com um blogue!

LBJ disse...

OK... Mais uma razão para riscar os blogs de culinária... E de moda... E de mexericos roseados... E de teorias conspirativas... E de banalidades ocas...

Quais serão os blogs seguros para se frequentar? Aqui fica o desafio, podes fazer um inquérito :)

Para evitar publicidade enganosa e perca de tempo, desde já aviso que o meu não é recomendável e causa efeitos secundários a quem o lê, mas eu tenho logo aviso à entrada...

asaquenaovoa disse...

Até vale arrancar unhas
;-)

É provável que tenha, não sei

beijinho

Abobrinha disse...

LBJ

Acho que quase todos os blogues podem ser maus para saúde ou pior. O meu, estranhamente, ainda não foi considerado de conteúdo pouco recomendável, mas tem auto-censura: aqui não se aprende nada! Quem entra só não sabe se não quer!

Dito isto, não creio que um blogue seguro seja recomendável. Mais que não seja porque se corre o risco de morrer de tédio!

Abobrinha disse...

Asa

Só não vale arrancar olhos! E mesmo assim, não sei!

JP disse...

Que óptima notícia... dessa Kama já me livrei. ;)

Beijos

Miguel disse...

Os homens são uns bocós!!
Há muito que deixaram essa coisa do "sexo forte" para o outro lado...

:)