domingo, 26 de outubro de 2008

Senhor do Bonfim

Eu odeio mas odeio pulseirinhas do Senhor do Bonfim. Isso e aquelas horrorosas de plástico que dizem coisas tão cocós com "amizade", "amor", "fraternidade" ou o caraças mais velho.

Então porque é que ando com uma pulseirinha do Senhor do Bonfim? Porque uma amiga ma deu com tão boa vontade, tão bom coração e tão boas intenções que eu não fui capaz de dizer que não! Eu tenho que deixar de ser boa pessoa!

Ainda estive para sabotar a coisa e não pedir e desejos, mas pedi-os. O primeiro dos quais estou a contar que se realize mais ou menos no tempo de romper a merda da pulseirinha. Não por causa do Senhor do Bonfim mas pela minha persistência. Os outros... acho que nem com Senhor do Bonfim nem sem ele lá vão, mas pronto...

Entetanto... está-me cá a dar uma vontade de acidentalmente entalar uma faca ou uma tesoura entre o pulso e a pulseirinha...

12 comentários:

Joaquim Simões disse...

Obrigado pela visita! Eu... nem sabes como ando de tempo e de outras coisas relacionadas com trabalho. E, confesso, com muita pena e prejuízo meu, quase nem te tenho lido. E não só a ti!
Mas espero que isto termine brevemente.
Joaquim

Salto-Alto disse...

LOL! Pelo menos aceitaste e isso vai-te impedir de "acidentalmente" a deixares de poder usar! :)

Abobrinha disse...

Joaquim

Deixa lá: não tem saído daqui nada de jeito. Daqui a um tempo conto estar em melhor forma... espero!

Abobrinha disse...

Salto-Alto

Começo a pensar que o meu azar pode vir de não reenviar aqueles forwards que me enchem a caixa do correio. Assim sendo, não é mesmo uma tesoura intencionalmente aplicada à fitinha que vai impedir os meus desejos de se concretizarem: já tenho anos e anos de azar de crédito à conta desses e-mails!

Mas ia ser uma desfeita muito grande à minha amiga... e eu não posso fazer isso a quem me apoiou como ela!

Paulo disse...

Eu também tenho uma bela pulseira do sr. do bonfim... supostamente iria ter um significado especial mas perdeu-se :P

Aliás um dos nós quebrou logo no inicio, qual dos desejos é que ficou para trás???

Estas pulseiras deveriam vir acompanhadas de um manual que permitisse elucidar-nos destas questões importantes...

GATA disse...

Há muitos muitos mas mesmo muitos anos, o meu padrinho trouxe a bela da tira de pano da roupa do santo para a sua linda afilhada... Eu andei com aquela treta agarrada ao pulso quase dois anos!!! Depois, tal como manda a tradição, atirei o cordel ao mar... Desejos??? mas quais desejos??? polui o mar e continuei na mesma!!! :-)

Carol disse...

Também já me aconteceu... Eu fui roendo literalmente a coisa... Quando ela rebentou, expliquei que era sempre eu que lavava a louça em casa e que devia ter sido do contacto com a água... ;)

indomável disse...

'bobrinha,

pois... a menina tem mesmo de deixar de ser boa pessoa... é que isso já não se usa, sabe?
por outro lado, é sempre bom saber que existe um santinho no altar à espera de nos ver a sofrer para nnos passar a mão pelas costas! Enfim, há quem não tenha mesmo mais que fazer que andar por aí a apoiar os outros e não sei mais o quê!...
Essa da faca entre o pulso e a pulseirinha... veja lá não tem o fio virado para o lado errado... e depois não há santo que lhe valha!

Abobrinha disse...

Paulo

Isso leva-nos para coisas e rituais que têm significados XPTO e mais não sei quê... e se quebram! Não sou contra nem a favor desses rituais, simplesmente para mim uma promessa ou um voto é algo que sinto e não só algo que formalizo como um contrato e cujo conteúdo possa ter uma vírgula que pode ser usada contra mim... e não estou a dizer coisa com coisa!

Em relação ao teu caso não sei, mas há que perdoar, fazer o controlo dos danos e seguir em frente. Pelo menos é o que eu digo a mim mesma todos os dias. Tem altos e baixos, mas há-de funcionar e hei-de voltar à minha forma habitual sem estas flutuações bruscas de humor.

E estou tentada a mandar uma tesourada na merda da pulseira!

Abobrinha disse...

Gata

Deixa lá, o mar já estava muito poluído, não é por aí... mas não me estás a tentar dizer que vou andar 2 anos com esta porcaria, pois não? E ninguém me disse que era para atirar ao mar... ... acho que fui enganada!

Abobrinha disse...

Indomável

Sou boa pessoa, mas não sou santa nenhuma. Mas esta menina foi a dos scones quentes!

Não te preocupes que eu sei perfeitamente distinguir entre o lado certo e o errado de uma faca...

Abobrinha disse...

Carol

Tecnicamente isso deve ser batota! E eu sou honesta, não fazia isso! (e vê-se um halo de luz tipo santinha à volta da minha cabeça)

Por outro lado, à minha fitinha já sairam dois fiozinhos. E tenho que dizer ao meu sobrinho que a pulseirinha não é para destruir e que a tia ia ficar muito zangada se ele começasse a puxar sistematicamente os fios... é mesmo só para cuidar da integridade da pulseirinha...

Nota mental: lavar mais vezes a louça e oferecer-me para lavar a da minha irmã e a da minha mãe.