sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

O Processo, Kafka

Já li o livro há um tempo (valente) e não me lembro bem dos pormenores. Lembro-me que enervava a dada altura e que no fim o personagem principal foi sujeito à pena de morte (ou só assassinado?) por causa do processo que já não sabia em que ponto andava.


Tenho-me lembrado demais do livro, acho que o vou ter que ler de novo...

15 comentários:

Eu mesma! disse...

minha linda.....
nem sei qual é o livro que referes mas...

sim....
é uma época propicia a suicidios!

lol!

Sadeek disse...

Só para que conste...este não é roto como esse tal de Joaquim...AHAHAHAH

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

NI disse...

Aos anos que li esse livro. Ainda era uma pré-adolescente, ahahahahah

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Não é suicídio... é HOMICÍDIO mesmo! Digamos que acabava com o excedente na função pública em pouco tempo...

Abobrinha disse...

Sadeek

Pois, começa a notar-se um padrão no que tu consideras e não um roto! Mas olha que tem um certo ar de geek que me agrada!

Abobrinha disse...

NI

... e depois disso foste para Direito. Eu não acho isso normal!

Angelik disse...

Cá eu gostei muito de ler este livro. A negação do Estado Democrático de Direito... a dogmática política...

Beijocas

NI disse...

Claro que fui para Direito. Para tentar emendar o que estava errado, ahahahahah

Abobrinha disse...

Angelik

Estava a pensar quando li o livro, mas não consigo lembrar-me. Gostei, mas aquele gostar de ser bem escrito, porque o livro enerva! Toda a história enerva... como muito de real que se passa no nosso país...

Abobrinha disse...

NI... és uma mulher de fé...

Bruno disse...

Não consegui ainda debruçar-me sobre O Processo. Deste autor, os meus olhos passearam-se, em duas traduções distintas, sobre outra das obras-primas, A Metamorfose, uma história que muito tem a ver com muito do que entre nós se vive.

Abobrinha disse...

Bruno

Eu só li em português, mas pareceu-me bem traduzido. Mas já foi há muito tempo.

GATA disse...

Eu, depois ter ido a Praga, comprei um livro chamado "A Praga de Kafka"... 'esqueci-me' que eu e o Franz nunca nos demos bem... e -zás!- o livro está na estante há quase 10 anos! :-)

Abobrinha disse...

Gata

Pois, o Franz tem todo o aspecto de ter mau feitio! Mas era uma prateleira ou um armário? Engraçado, não sabia que o Kafka precisava de sair do armário...

Gostava de ir a Praga. Bem lembrado!

GATA disse...

A Praga de Kafka... Praga=Capital da República Checa ... e não mau-olhado! :-)

O livro está numa prateleira da estante... E o Franz se não saiu quando estava vivo, não me parece que saia agora que está morto! :-)

PS: Praga merece uma visita mas aconselho ir fora da época alta.