quarta-feira, 20 de maio de 2009

Rapidíssima e verdadeiríssima

Recebida por e-mail:

90 pessoas apanham a gripe Suina e toda a gente quer usar uma mascara.

Um milhão de pessoas tem SIDA e ninguém quer usar um preservativo.

16 comentários:

Tisha disse...

Sinto-me tão feliz por não ser única neste mundo a achar que este sensacionalismo todo à volta da gripe Suína já mete nojo. Já nem era preciso falarmos de Sida. Morre muito mais gente com a dita Gripe "Comum" e ninguém anda histérico com o assunto!!

Boop disse...

Acho que o alarmismo tem o lado positivo de ajudar a prevenção. E com a SIdA aconteceu também.
Mas não podemos querer que a sexualidade, que diz respeito ao p´roprio, à intimidade, à entrega, seja comparada com a relção com o estranho, com o desconhecido e por isso potencialmente ameaçador.

Por isso concordo com a indignação mas só me resta entender a condição humana.
E claro - tratar de mim!

NI disse...

Subscrevo, apesar de concordar com a perspectiva da Boop.

Bj

Ricardo disse...

ya, e outra, morre mais gente de gripe normal que da nova e ninguem fala nisso

Bruxinha disse...

Concordo plenamente contigo :)

Jinhos

Miss Glitering disse...

:( fico triste e preocupada. Anyway tb acho muito alarmismo (como dizem a Tisha e a Boop) à volta da gripe. Há outras causas de morte (diária) que ninguém se lembra de "alarmar".

Boa reflexão. Gostei.

Um beijinho.

Catwoman disse...

Bem visto!!!

Beijinhos :)

Eu Mesma! disse...

Muito mas muito bem dito!!!!!!!!!!!!!

Adorei!

e o mais grave......
é que é mesmo verdade....

já sei.... "não dá jeito usar preservativo.....!"

tadinhas destas mentes!

Blondewithaphd disse...

Amiguita, uma das melhores tiradas que li nos últimos tempos!!!!!! Um porco espirra no México e é a catástrofe. Balha-me Santa Engrácia dos Ignorantes!

Abobrinha disse...

Em relação ao sensacionalismo em torno da gripe dos porcos:

- Alarmismo pode ser o oposto de informação e isso não tem lados positivos.

- Com UM caso de gripe em Portugal e que passou por geração espontânea, que necessidade há de ir para o santuário de Fátima "alertar" os peregrinos para ESTA gripe? Nenhuma! Informar aqui seria confortar as pessoas e dizer a verdade: não há perigo ainda em Portugal! Ainda não há a merda da gripe, quanto mais contágio!

- Já aqui falei de como dar um orgasmo a um jornalista por causa de uma quase notícia de uma gripe. De novo: é só levantar medo, não informar!

- Parece claro que, por enquanto, a gripe só se espalha relativamente bem. Mas não parece matar muito. Quanto matar muito, aí deve tomar-se cuidado!

- Qualquer dia vem uma pandemia a sério e o pessoal não liga! A gripe das aves é que ia ser, falou-se de mortandades generalizadas e... nicles! Agora é a dos porcos! Tantas vezes se grita lobo...

- Numa nota à parte, um amigo foi ao centro de saúde com uma dor qualquer (qualquer coisa tipo unha encravada) e estava com uma gripe daquelas de todo o tamanho. Quiseram pôr-lhe uma máscara, ao que ele reagiu com impaciência a dizer que não tinha viajado para lado nenhum, por isso não punha aquela merda coisa nenhuma. Vê-se a falta de qualidade do pessoal médico pelo seguinte: atendendo à criatura em questão... a medida adequada seria despi-lo todo e proceder a um exame mais minucioso... é que nunca se sabe. O facto de ele ser bom todos os dias é um pormenor, claro!

Abobrinha disse...

Da sexualidade e do preservativo

Também houve histeria à volta da SIDA. E desinformação. Ainda hoje, parece que é uma doença de paneleiros, quando é tudo menos isso.

A histeria à volta da SIDA serviu para discriminar pessoas e os seus comportamentos (sendo que ser hemofílico ou ter a dada altura apanhado a transfusão errada foi considerado sinónimo de ser paneleiro ou pior). A informação serviu para prevenção da doença. Mas não o suficiente.

... somos bichos estranhos!

Abobrinha disse...

Blonde

Para não falar nos porcos abatidos no Egipto... à bastonada ou de morte lenta com produtos químicos! Dói o coração! Egipto que não tem um único caso de gripe dos porcos (ou lá como lhe chamam).

Bruno Fehr disse...

Ahahahaha, é verdade :)

Boop disse...

Há alturas em que preferia conversar em vez de deixar comentários!
Esta é sem dúvida uma delas!!!

;)

Lança disse...

Bem apanhado!

Tisha disse...

A minha irmã está com gripe e ligou para a linha de atendimento da Médis... a primeira pergunta que a enfermeira lhe fez foi: "Viajou para fora do país recentemente?"... Podia ter perguntado isto ao longo da conversa, mas não, isto era de facto o mais importante... Enfim!