terça-feira, 8 de julho de 2008

Porque é que eu não comprei um vestido com as costas quase todas à mostra e que me ficava o máximo???

Simples: porque quando estiver com desconto de pelo menos 50% ainda me vai ficar melhor!

Saldos... uma pequenina palavrinha... 5 letrinhas apenas e que fazem uma mulher feliz! E possivelmente quem me vir com o vestidinho...

14 comentários:

Anónimo disse...

Estou de acordo com o vestido, faltam-me os pormenores:
Godés ??
Florinhas ??
Alças ??
Teu espectante
Valetorno

Abobrinha disse...

Valetorno

Os pormenores são para mim. Isso e 50% do preço quando ele finalmente baixar! Também tinha uma camisola azul muito catita que vai ter o mesmo destino.

Por acaso não sei como o classificar. Tinha uma forma um pouco fora do vulgar.

Joaninha disse...

És uma mulher de coragem, eu desgracava-me quase de certeza ;)

Abobrinha disse...

Se estivesse com mais necessidade de roupa tinha-me desgraçado mesmo. Mas este ano já me desgracei de carago com roupa, por isso estou a ter mais juízo. E ainda não está suficientemente quente para aquilo.

Break Silence disse...

hmmmm e era muito cara a desgraça?

Beijos

Abobrinha disse...

Break Silence

O vestido custava € 60, ou seja, € 30 mais do que eu conto dar por ele (e ficam mais €30 para investir noutra coisa). A camisola custava € 39... e estive quase a ceder. Teria cedido se não me tivesse lembrado que já comprei um monte delas... mas era muito bonita, num azul forte e tinha um decote interessante. Fica para os saldos.

Break Silence disse...

Hmmmmm se fosse aquele Azul Petroleo deve ser um espetaculo

Abobrinha disse...

Break Silence

Antes de mais, eu devo ser a única mulher que não é capaz de começar um motim a discutir o tom de uma cor. Isto para dizer que não sei se era azul petróleo. Sei que era um azul forte, mas não demasiado escuro e me ficava bastante bem.

E depois, eu sou uma mulher de diesel. Posso mudar para hidrogéneo, mas isso só depois de uma feijoada (vegetariana, claro!). Acho as células de combustível sexy!

Break Silence disse...

Pronto ja vi que calhou mal o meu comentario lol
Sorry

Abobrinha disse...

Break Silence

Não calhou nada! Eu estava a ser sincera: não sei mesmo o que é azul petróleo, mas acho que não é aquele. Eu estava mesmo a descrever de maneira colorida como sou desastrada para descrever cores. Afinal demonstrei como sou por vezes desastrada a descrever coloridamente seja o que for.

Ou será que o que me traiu foi dizer que acho as células de combustível sexy... mas se acho mesmo!

Eu sou um bocado esquisita, concordo!

Para provar que não levei a mal digo que a camisola era de alcinhas.

Break Silence disse...

Pronto Pronto eu tb acho as células de combustível sexy.
lol
Beijocas

Abobrinha disse...

Bem... ao menos posso ser esquisita. Mas não sou a única!

Joaquim Simões disse...

Onde há costas, não há vestido... Estamos portanto uma subtil operação de marketing às tuas costas, ou a uma sugestão ainda mais subtil quanto à excelência da visão que originariam outras ausências de tecido, simultâneas ou alternativas.
A discussão sobre o tom de azul é mesmo para despistar a atenção dos incautos.

Abobrinha disse...

Joaquim

Há vestido. Acredita que há vestido! Não há é quase pano nas costas do vestido.

A discussão sobre o azul não fui eu que a comecei e ia correndo mal. Mas a camisola azul também me ficava bem e tinha costas. Não tinha é ombros.