quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Importa-se de repetir???

Tem havido grande confusão em muitos quadrantes sobre se o Al Gore deveria ter ou não recebido o prémio Nobel da Paz. Pessoalmente não percebo qual é a confusão, acho que o merece e espero que leve a água ao seu moínho (para meu próprio bem e das gerações que eu quero que me sucedam), mas deixamos isso para outra altura.

Contudo, se é que era necessário, ficamos a saber que a excelência científica e a moral ou pessoal não são necessariamente relacionadas. Assumindo que o James Watson não está senil (há muitos anos, pelos vistos).

Não é que o James Watson não merecesse o prémio Nobel da Medicina que lhe foi atribuído em 1962, mesmo porque a maioria da malta sabe a importância do DNA e da sua estrutura (a não ser criacionistas e louras que dizem que é tudo uma bonecada para enganar o povo), mas... não havia necessidade desta porcaria (também aqui, no Público)!!! Por outro lado, lembra-me disto, o que poderá evidenciar que o Watson é um criacionista encapotado, saído do último pote da criação (sim, porque de evolução... estamos mal!). Senão, vejamos (do artigo do Sunday Times)

The 79-year-old geneticist said he was “inherently gloomy about the prospect of Africa” because “all our social policies are based on the fact that their intelligence is the same as ours - whereas all the testing says not really.".

He said he hoped that everyone was equal, but countered that “people who have to deal with black employees find this not true”.


He says that you should not discriminate on the basis of colour, because “there are many people of colour who are very talented, but don’t promote them when they haven’t succeeded at the lower level”. He writes that “there is no firm reason to anticipate that the intellectual capacities of peoples geographically separated in their evolution should prove to have evolved identically. Our wanting to reserve equal powers of reason as some universal heritage of humanity will not be enough to make it so”.


Além de dar uma no cravo e outra na ferradura (ou por outra, não acertar uma!), as afirmações deste senhor não estão suportadas por evidências científicas (a não ser que a falta de inteligência dele para contratar "employees" seja uma evidência científica)... e conheço outros estudos menos necessários que este, mas de repente tenho dificuldade em lembrar-me de quais. Um deles é identificar o gene do preconceito e da estupidez pura e dura (em pretos, brancos e tons intermédios: não sou racista)! Dito isto, se formos a seleccionar, bem que acabamos com um mundo muito vazio. A parte boa é que resolvia grandemente o problema da poluição, mas não vamos por aí!

Uma outra coisa que o senhor Watson se esqueceu é que o continente com a maior diversidade genética é África... pelo que "pretos" é assim a modos que para o vago! Brancos também: eu não sou da raça daquele tipo, obviamente! A não sei que haja aqui uma citação completamente fora de contexto, e nessa altura tenho que dar o braço a torcer! Mas não creio!

Há ainda outro aspecto que eu não domino: geneticamente o que é uma raça??? Socialmente eu sei, antropologicamente sei um pouco menos, mas geneticamente uma diferença de pigmentação será suficiente para definir uma raça? Sei vagamente o conceito de haplogrupos, mas não é a mesma coisa. Para falar verdade, não é do mesmo campeonato nem da mesma modalidade.

Outras pérolas do grande murcão no mesmo artigo do Sunday Times:

"Dr Watson is no stranger to controversy. He has been reported in the past saying that a woman should have the right to abort her unborn child if tests could determine it would be homosexual.

In addition, he has suggested a link between skin colour and sex drive, proposing a theory that black people have higher libidos.

He also claimed that beauty could be genetically manufactured, saying: “People say it would be terrible if we made all girls pretty. I think it would be great.” "

Ora comentai. Amanhã, se tiver tempo, vou postar um 2 em 1 vindo desse templo de sabedoria que é a TV Guia...

Artigo no Sunday Times: http://www.timesonline.co.uk/tol/news/uk/article2677098.ece

6 comentários:

antonio disse...

Este Watson promete, com um pouco mais de investigação poderiamos produzir a mulher ideal: burra, bonita e com sex drive!

Quanto ao Al, acertou na profissão. Tendo falhado a presidência dedica-se ao show biz, perfeitamente inconsequente e para consumo de europeus acéfalos ou ingénuos.

Abobrinha, isto do criacionismo é um tema que tu levas mesmo a sério?

Abobrinha disse...

Antonio

Cometi o erro de a dada altura me rir dos criacionistas por os achar e às suas ideias ridículas. Pela lógica, nunca vingariam... nunca mais cometo um erro desses! Agora ridicularizo o tema a cada oportunidade que tenho porque ideias peregrinas são contagiosas.

O Watson está (é?) gagá! Dito isto, pela mesma ordem de ideias de propagação de ideias peregrinas e perigosas, tenho que ridicularizar o homem quando diz coisas destas. Podia ter respeito por ele por ser um grande coentista, mas pelos vistos não é preocupação dele em relação a pretos e mulheres, por isso amor com amor se paga. E o livro dele (o que ele foi promover ao Reino Unido quando disse estas pérolas) chama-se qualquer coisa como "como evitar pessoas aborrecidas". Voilá!

Gostava de acreditar que o Al Gore é só um entertainer. Dito isto, alguém me podia explicar porque é que ultimamente ele aparece nas fotografias com o visual anterior ao "fui altamente picado por abelhas e além de tudo fiz alergia, mas não se preocupem que isto não é a minha cintura a alargar a olhos vistos de boa vida e viagens em carros híbridos que gastam tanto como um gasóleo moderno mas sim calo sexual". Eu gosto do homem! Dito isto, é um bocadinho a modos que para o chato e a piada do "I used to be the future president of the United States" está ligeiramente gasta.

antonio disse...

Se gostas de esquentar a cuca e ler ideias estranhas e bizarras, esta é a minha forma de to vender, dá um salto ao blog do Alf, é o outramargem.

Aí se desvendam os mistérios do mundo, da criação e até porque é que o Al ganhou o prémio. Tens um bónus: eu sou um dos comentadores habituais. A Indy também lá aparece, mas é mesmo só para o colorido.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Depois voltarei para comentar.Hoje só quero convidar-te a juntares-te a nós no NOTAS SOLTAS IDEIAS TONTAS (http://notassoltasideiastontas.blogspot.com) no grito contra a pobreza, hoje dia 17/10/07 em que, internacionalmente, se exige a sua erradicação.

indomável disse...

Ó António, essa do colorido foi só porque sabias que eu viria aqui, não foi? Adoras espicaçar o meu neurório!
Talvez tenhas razão, mais vale eu nem sequer comentar os posts do Alf. Entendê-los já é demais para a gaja loira que existe em mim...

Abobrinha disse...

Indomável

Não ligues! Está só a picar, mas é tudo inveja!