sexta-feira, 12 de outubro de 2007

O nosso código genético - outra questão evolutiva ou criacionista

Correndo o risco de perder mais amigos por ter opiniões ou dúvidas, vou escrever este post.

Que o governo não percebia a ponta de um corno (if you pardon my french) de Ciência nós já sabíamos (ou pelo menos estávamos seriamente desconfiados!). Mas eis que o Manuel Pinho (e a sua vozinha de "por favor, não me batam que eu sou fraquinho") se sai com:

"nos últimos anos parecia que ter défices altos fazia parte do nosso código genético. A partir de agora isso deixou de ser verdade"

Aha! Depois de Mota Amaral ter dado uma machadada no espírito cientificamente desempoeirado de séculos desta nação de navegantes e descobridores (e prémios Nobel que inventam lobotomias ou fogem para Espanha), finalmente um evolucionista de gema! Ora vejamos: tínhamos inscrito no código genético os défices altos. Uma análise ao DNA realizada nos laboratórios forenses de Birmingham (os mesmos das análises à novela McCann) demonstraram que o gene estava situado à esquerda do gene da preguiça e dos direitos adquiridos, no cromossoma 3, à esquerda quem entra. E lá estava o grande malandro!

Por acaso e necessidade, o gene tornou-se junk DNA e este governo descobriu como fazer a selecção natural dos mais aptos para a sobrevivência e pimba! Evolução! Darwin no seu melhor, mas com menos Beagle (não tem problema, que não enjoo muito de barco: é do windsurf) e mais PCR (essa bela localidade)!

Os criacionistas protestam! Há uma série de factores que apontam neste sentido! Porquê o cromossoma 3? Ora 3 foi a conta que Deus fez! Não há coincidências (um dia destes tenho que pegar na Margarida Rebelo Pinto, por falar nisso!), ou seja, não concebem que face a tão esmagadora evidência da eliminação de informação genética por intervenção divina de um gene tão incómodo e verdadeiramente pessonhento alguém possa sequer conceber que isto foi algum tipo de acaso!

Depois, isso do código genético é uma treta de todo o tamanho: toda a gente sabe que os cientistas anda aí a engonhar e a criar bonequinhos fixes (e alguns são bem fixes) para enganar os crédulos! Querem é tornar-se os novos deuses, enganar o povo e chupar o dinheirinho dos nossos impostos! É só malandragem! Se fossem trabalhar é que eram espertos!

Claro que não se deram conta que 3 é conta certa para uma ménage à trois e um número primo. Um número primo fica sempre bem em qualquer lado, mas já se sabe que primo com prima dá tolos! E então em ménage à trois é que dá mesmo! Oié!!!

Há um problema: a Genética (essa bela localidade) é uma Ciência fixe (tem bonequinhos altamente, assim tipo Lego, mas tenho a certeza que é tudo inventado!), mas... e a Matemática? O que se passa é que é preciso fazer contas! Ora 3% do PIB... é... ora bem... 6 x 2... e vai 5 e... portanto... mas... não... 9 x 6 é... e 30, mas... o... aaaa... bom, é fazer as contas e é fácil!

Dizia eu que já vi défices a passarem de 3 para 6 e para 7. E sem Genética envolvida! E agora? Evolucionismo, criacionismo ou falta de saber fazer contas? Ou sou mesmo só eu que sou desconfiada?

NOTA: A minha Biologia está, à falta de melhor palavra, enferrujada. De certeza que tem imprecisões de todo o tamanho (e se soubesse mais tinha-me esticado com mais "palavrões"), mas é o que se pode arranjar. Sorry!

6 comentários:

farfalho, o maltês disse...

sugestão para nova postagem,

Começo a desconfiar que cheiro a burra...

antonio disse...

O 3 foi a conta que Deus fez porque pertence à sequência de Fibonacci, antes de ter entrado no código genético do defice europeu e tudo isto faz quase tanto sentido quanto o teu texto. Por isso gostei.

Allanah disse...

adorava poder dizer qq coisa incrivelmente inteligente, mas depois de ler teu texto com atençao nada me vem a cabeça!! Estou maravilhada! lol

antonio disse...

O antónio do comentário anterior não é o mesmo que aparece no Que Treta... só para esclarecer.

Abobrinha disse...

Allanah

Se te lembrasses de alguma coisa inteligente depois de um post destes eu ficaria preocupada.

Eu mesma fiquei... assim tipo... daaaah... depois dele. De modo que é possível que passe uns dias sem escrever, porque não me sai nada! Há dias assim!

Abobrinha disse...

Antonio

Point taken!

A sequência de Fibonacci não tem que ver com coelhos? Sabes a fama dos coelhos, não sabes? Parece que o (ahem) défice lhes está no código genético... ... ... esquece! É melhor estar calada!