domingo, 6 de abril de 2008

Respostas ao consultório sexual - semana 10 (parte 1)

Esta semana o consultório propriamente dito está pouco frequentado, o que se compreende: está bom tempo e o pessoal tem mais que fazer. Eu mesma estou a responder numa esplanada, antes de ter que recolher a casa, que tenho milhentas coisas para fazer (arrumar a casa incluído).

Mas vou fazer agora a parte 1 do consultório, sendo a parte 2 comentários ao que eu mesma andei a escrever durante a semana (não sei ainda o que vai sair, mas coisa boa não é). O que não invalida que coloquem mais perguntas, que eu respondo a tudo.

leprechaun disse...

Ei! Olha que te ando a arranjar clientela... que comissão me dás, ó tão Bela?!Ora bem, para já há um empate... 1-1! Alguém gostou e outrem detestou... é assim que eu sou! :)

Vamos lá ver se as almas muito apaixonadas desempatam isto a nosso favor... formiguinhas gulosas que sugam o teu dulçor!!! :D

Entretanto, afinal até já me dizem que eu sou o próprio alarme... mas se eu não roubo nada e é só tolice pegada!Pelo menos à distância...

Rui leprechaun(...é esta a minha substância! :))

PS: Ei! E também me chutas para além do arco-íris... onde guardo o pote de ouro, tão petiz!!!

4 de Abril de 2008 17:03

Leprechaun

Isto é um consultório sexual e não consegui entender dúvida nenhuma. A não ser que este seja só mais um dos milhentos comentários que tens deixado pelo meu blogue. Por favor acalma o facho, que estou a sentir-me sufocada com tanta atenção (fora o resto). E quando eu perco o à-vontade, tendo a fazer e dizer disparates de que me arrependo mais tarde, o que queria evitar porque este blogue é público e eu não gosto de magoar ninguém.

E mais não digo porque, como dizes, há uma parte pública e uma privada e eu não quero atravessar de uma para a outra. E eu não te responderei fora dos espaços públicos. Porquê? Porque sim! Porque, como disse no blogue do Ludwig, quem manda na minha caixa de e-mail ainda sou eu!

Sobretudo, não me persigas nem aos meus leitores pelos outros blogues. Que é essa merda de me deixares recados no blogue do Jorge Fiel, carago? Tudo se quer com conta, peso e medida e passaste o exagero. E eu, que sou uma exagerada, também tenho os meus padrões para o exagero.

Anónimo disse...

quauquauqaqua!!!!!arranjastes rápido abobrinha.ahahahahahahah!!!!!!valeu-me boas risadas.

4 de Abril de 2008 18:58

Anónimo

O quê? Daqui só entendo o "qua", o que pode significar só que o preclaro é um pato. Patos há muitos! Mas se deu para rir, não interessa: o objectivo é mesmo a boa disposição e estupidez natural.

Anónimo disse...


Linda Abobrinha...calma... surgiu a linda ideia de aconselhar-te sentimentalmente...acredito que estejas na idade correcta para mudar opiniões que sedimentaram a progressiva agressividade com que tratas o sexo oposto... remediar convém.- caso o Y interessa deves olhar (aquele olhar número 32, que guardamos a sete chaves) fixo o interessado, um olhar vale mil (bom não interessa) espero que não estejas mal.. caso o óculos atrapalhe, retire-o sedutoramente ( o seu .. o do Y é uma outra etapa)... continuaremos na proxima sexta.

5 de Abril de 2008 13:07

Anónimo

Beeeeeeeeeeeeeeeeeeem... como é? Concorrência? No meu próprio estabelecimento? Não pode ser, a ASAE ainda me fecha o tasco! Dito isto, o que é que isso interessa? Só peço duas coisas: um nick imaginativo (o mais badalhoco possível) e pontuação. A pontuação para mim é muito importante. Paneleirices, eu sei, mas é mesmo assim que eu sou!

Eu não tenho agressividade nenhuma: eu sou é uma exagerada! Quando vejo agressividade a despontar, tento afastar-me a ver se a coisa não estoura, porque é desagradável.

Se eu tiro os óculos só há um problema: não vejo nada! Com algumas pessoas, claro, isso pode ser uma vantagem.

Não acho Y um nome particularmente interessante, por isso sou capaz de não me sentir naturalmente atraída por um espécime com essa denominação de origem. Em termos cromossómicos já é outra história. Mas, como tudo, ele há cromossomas e cromossomas! E uns são mais interessantes que outros.

(acrescentado Às 21:45)

Anónimo disse...

Que tal "¿Professor Pardal¿"!!??¿¿¿

6 de Abril de 2008 16:27

Professor Pardal

Vejo que escreve de um teclado espanhol. Professor Pardal está bem! Afinfa-lhe!

leprechaun disse...

Oh... isto hoje esteve pouco concorrido, Abril está lindo e primaveril... apetece ser gentil! :)

Bem, pode ser que a nova clientela apareça para a semana... Dona Abobrinha Sultana! ;)

Mas não tive uma resposta à minha pergunta... ora bolas! Vá lá, estava bem à mostra no meio dos acessórios dispensáveis!!!

Onde está Eros à vista: no rosto ou no corpo da conquista?! Isto é, mais no 1º ou no 2º ou em partes iguais ou como quiseres, Abobrinha dos quintais!

Tell me this...Rui leprechaun(...where is bliss?! :))

PS: E claro que se pode comentar o comentário ao post original... é giro e não fica mal! ;)

6 de Abril de 2008 18:51

leprechaun disse...

Ah... já vi! Tinha-o deixado ali!!!

Ou seja, afinal devo ter publicado o comentário no sítio errado. Ei-lo então, já copiado neste lado:

Mas então ainda não há perguntas para o próximo nº da dezena?!

Hummm... há pouco eu estava a pensar que o rosto é a expressão máxima de toda a beleza e erotismo humanos. O resto do corpo é um mero complemento, bem mas como na prática sou um mero asceta talvez esta opinião não seja inteiramente consensual.

So... do you agree or not? Ou seja, será mais sensual um rosto belo num corpo até disforme ou o contrário, um corpo perfeito mas num rosto desfeito?!

Bem, exagero só p'ra rima! Além do mais, hoje já há a cirurgia estética, logo tudo se pode aperfeiçoar... havendo dinheiro para pagar!

Anyway... agrada-me que sejas assim tão bela... but please!... aparece na janela!!! :)*

6 de Abril de 2008 18:56

Leprechaun

Isto parece aquelas perguntas do tipo: gostas mais do teu papá ou da tua mamã? E merece o mesmo tipo de resposta: um olhar do estilo "tás parvo ou quê?" ou uma língua de fora.

Quanto ao "agrada-me que sejas assim tão bela"... mas conheces-me de onde exactamente? Eu posso ser uma farronca de primeira que ninguém aqui sabe!


I'll be back soon with another cartoon!

4 comentários:

Anónimo disse...

Que tal "¿Professor Pardal¿"!!??¿¿¿

leprechaun disse...

Oh... isto hoje esteve pouco concorrido, Abril está lindo e primaveril... apetece ser gentil! :)

Bem, pode ser que a nova clientela apareça para a semana... Dona Abobrinha Sultana! ;)

Mas não tive uma resposta à minha pergunta... ora bolas! Vá lá, estava bem à mostra no meio dos acessórios dispensáveis!!!

Onde está Eros à vista: no rosto ou no corpo da conquista?! Isto é, mais no 1º ou no 2º ou em partes iguais ou como quiseres, Abobrinha dos quintais!

Tell me this...

Rui leprechaun

(...where is bliss?! :))


PS: E claro que se pode comentar o comentário ao post original... é giro e não fica mal! ;)

leprechaun disse...

Ah... já vi! Tinha-o deixado ali!!!

Ou seja, afinal devo ter publicado o comentário no sítio errado. Ei-lo então, já copiado neste lado:


Mas então ainda não há perguntas para o próximo nº da dezena?!

Hummm... há pouco eu estava a pensar que o rosto é a expressão máxima de toda a beleza e erotismo humanos. O resto do corpo é um mero complemento, bem mas como na prática sou um mero asceta talvez esta opinião não seja inteiramente consensual.

So... do you agree or not? Ou seja, será mais sensual um rosto belo num corpo até disforme ou o contrário, um corpo perfeito mas num rosto desfeito?!

Bem, exagero só p'ra rima! Além do mais, hoje já há a cirurgia estética, logo tudo se pode aperfeiçoar... havendo dinheiro para pagar!

Anyway... agrada-me que sejas assim tão bela... but please!... aparece na janela!!! :)*

leprechaun disse...

Ah! Um acréscimo de última hora... mas nem resposta houve agora! :)

Humm... então body mind and soul... is all in a whole!

Mas deveras para mim não é assim, e é mesmo o rosto e toda a sua expressividade que 1º vemos e notamos.

Aqui, ainda temos de ser bem mais subtis, já que trocamos códigos muito para além de uma expressão física, em boa verdade (quase) inexistente.

Quanto a seres bela... acredito na menina da Lanidor...

Rui leprechaun

(...mai-la intuição de Amor! :))