segunda-feira, 9 de março de 2009

And now for something completely different

Hoje copio eu uma coisa da Ni: este post.
E consiste de uma coisa muito simples: dizer uma frase de um filme que vos tenha... OK, não marcado, mas antes impressionado ou agradado de alguma forma.

Eu escolhi

"I'm having a friend for dinner"

do "Silêncio dos inocentes". Quem viu sabe que o amigo é o prato e não a companhia! Eu tinha 17 ou 18 anos quando vi o filme, e vi-o no Lumiere, o que é francamente estranho porque me pareço lembrar do filme como se tivesse sido ontem... e a sala de cinema já não existe há uma porrada de tempo! O que pode querer dizer que não tenho que recear Alzheimer tão cedo ou que estou a ficar velha e ainda não me capacitei disso!

Depois de ver o "Quem quer ser milionário" escolho ainda

"Tu e eu somos iguais, mas tu tiveste sorte"

...só porque é tão verdadeiro.

37 comentários:

Eu mesma! disse...

Bom dia...
mas tenho mesmo que pensar porque... assim de repente não me vem à memória farse nenhuma de filme ou afins... apenas uma rase de um ex chefe que eu tive há uns anos....

a frase que referes..."Tu e eu somos iguais, mas tu tiveste sorte" ... é demasiado verdadeira....

:)

Storyteller disse...

Para mim é o incontornável E.T. e o que ele diz mesmo no final ao Eliott:"I will always be right here."
De ir às lágrimas. Literalmente!

Sadeek disse...

"I´m having a friend for dinner"...assim de repente...pareceu-me mais tirado dum "Garganta Funda" ou qualquer coisa do género...AHAHAHAH

BEJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

Carol disse...

«What you do in life echoes in eternity.» Acho que é qualquer coisa assim... The Gladiator, um dos meus filmes de eleição.

Tinta Permanente disse...

Gostei da frase que escolheste: "Tu e eu somos iguais, mas tu tiveste sorte"... bem real! beijinhos

francis disse...

blade runner.

"I've seen things you people wouldn't believe...Attack ships on fire off the shoulder of Orion.
I watched C-beams glitter in the dark near the Tannhauser Gate.
All those moments...
will be lost in time...
like tears...
in rain...

time do die"

GATA disse...

A frase que referes d' "O Silêncio dos Cordeiros" (eu sei que, na versão tuga, é "Inocentes", mas eu gosto de traduções à letra!) já é um clássico! A frase do filme do Cão-Indiano será ou não será.. o futuro dirá!

PS: não gosto do filme do Danny Boyle...

Storyteller disse...

Também gosto do final do filme "O Corvo", com o malogrado (belo vocábulo!) Brando Lee:
"Buildings burn
People die
But true loves lives forever".
Lindo, não é? Pois... eu acho!

NI disse...

Bom para não repetir, aqui fica uma frase do filme "E tudo o vento levou":
"Afinal de contas, amanhã será outro dia" - Scarlett O'Hara (Vivien Leigh)

pinxexa disse...

Vpu pensar qual escolher e depois cá virei amiga!
beijo

A Gata Christie disse...

Vou ter que reflectir sobre o assunto...

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Conta lá o que te disse o teu ex-chefe.

Eu mesma! disse...

Na vida ninguém é insubstituível.....

Abobrinha disse...

Storyteller

COnfesso que nunca tive grande amor pelo ET. Acho que deve ter sido a banda sonora que me pôs meia louca. O que é relativamente comum em filmes do Spielberg. Ou então é mesmo do Spielberg.

Abobrinha disse...

Sadeek

Quando vi o "Silêncio dos cordeiros" eu era muito inocente... mas agora que me falas no assunto, veio-me à ideia morangos mergulhados em chocolate...

Abobrinha disse...

Carol

Boa malha o Gladiador! E o Russel Crowe (esqueci-me desse naco de carne para o dia da mulher-dia do homem).

Abobrinha disse...

Tinta

Antes não fosse. Mas atingiu-me como uma bofetada.

Abobrinha disse...

Francis

Boa! Tenho que arranjar o Blade Runner em DVD, definitivamente!

Momentos perdidos no tempo... ora isso é outra reflexão...

Abobrinha disse...

Gata

Realmente, não entendo qual foi a lógica de não ter traduzido aquela cena à letra. Mas pronto, foi uma escolha.

A minha posição em relação ao filme está no post abaixo... not pretty!

Abobrinha disse...

Storyteller

... seria lindo... se fosse verdade. Mas o que será "true love"? Serão os impossíveis, porque não tiveram tempo para se degradar ou os possíveis, com todas as suas imperfeições e cedências?

Abobrinha disse...

Ni

Essa máxima do "E tudo o vento levou" é excelente!

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Para os meus lados temos uma variante dessa do teu ex-chefe. Quando alguém diz que não sei quem faz muita falta diz-se "o cemitério está cheio de gente que faz falta". OK, tétrico mas verdadeiro!

Offline disse...

"We've experiencing some inconsistency of beahouvior, yes?"

DARK CITY

francis disse...

pumpkin, agora há a versão longa, edit de realizador.
brilhante.

Offline disse...

Faltava uma palavra...

"We've *been experiencing some inconsistency of beahouvior, yes?"

Offline disse...

e já agora escrevia com a ortografia correcta não? ehehehe

"We've been experiencing some inconsistency of *behaviour, yes?"

Isto para offline é muita escrita num só dia...

Vou trepar uma árvore que está sol lá fora.

Caranguejo disse...

Eu gosto de muitas frases, porque também gosto de muitos filmes diferentes mas estas embora em tudo diferentes gostei bastante dos filmes.

"Some things are true whether you believe in them or not."
City of Angels

"Children: One, two, Freddys coming for you. Three, four, better lock your door. Five, six, grab your crucifix. Seven, eight, gonna stay up late. Nine, ten, never sleep again."

"If the food dont kill ya, the service will."

A Nightmare on Elm Street

beijo

VCosta disse...

A expressão "Toiro Lindo" do Aldo Lima conta?! hehehe

E não vi o filme (pois não sou mt dado a filmes) mas "E.T phone home"
deve marcar!!!

Sadeek disse...

Abobrinha Abobrinha...tu não te tornes em alguém como eu pá...ou pelo menos não o mostres...senão esta malta começa a ter-te na mesma conta quem me têm a mim...AHAHAH

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOO

Sadeek disse...

Abobrinha Abobrinha...tu não te tornes em alguém como eu pá...ou pelo menos não o mostres...senão esta malta começa a ter-te na mesma conta quem me têm a mim...AHAHAH

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOO

Eu mesma! disse...

outra frase....
que foi roubada por mim a um dos episódios do sex and the city e que eu adulterei....

Apenas à distância de um bilhete de avião!

:)

aplicável a algumas situações da minha vida!

Abobrinha disse...

Offline

Benvindo formalmente ao Abobrinha. Não te sintas intimidado: o meu blogue não morde... pelo menos não este tipo de posts. Tem alguns que mordem e não é pouco, mas não tenho andado inspirada!

Tenho vergonha de dizer que não vi esse filme. E não só não vi como não me lembro de o ver anunciado, o que é ainda mais deprimente, porque me parece o tipo de filme que eu quereria ver. Mas pronto, nada que não se resolva com uma ida à FNAC ou um piratinha mais à mão.

Quanto à frase do filme... "inconsistensies" há muitas. Umas com a grafia certa, outra com grafia à Magalhães traduzido por um luso-descendente que prestou pouca atenção nas aulas da língua dos pais.

Quanto a trepar à árvores... parece-me um excelente exercício. Eu normalmente trepo pelas paredes, mas isso é porque volta e meia me dá uns ataques loucura.

Abobrinha disse...

Francis

Grazzie. Tenho que ir ver isso. Para falar verdade, acho que passou no Fantas este ano, mas num dia em que eu não podia ir.

Abobrinha disse...

Caranguejo

Gostei da mistura de registos... yeeeeeeeeeeah!

Essa do "true whether you believe them or not" é poderosa.

Abobrinha disse...

VCosta

"Toiro lindo"... depende... eu sou do signo, mas não sei o contexto.

"E.T. phone home" é um clássico fora de tempo: devia ter estreado na altura dos telemóveis. Mas suponho que o Spielberg sempre tenha estado à frente do seu tempo. Às vezes à frente demais.

Abobrinha disse...

Sadeek

Alguém como tu implica comer morangos mergulhados em chocolate e lamber os pingos da barriga de alguém criteriosamente seleccionado (e de outro sítio qualquer onde possam cair pingos de chocolate de fondue) ou fotografar o "ravo" e pôr a foto online? É que se é a última hipótese, descansa que não vai acontecer! Espero é que a parte do chocolate aconteça! Mas eu sou muito versátil e consigo fazer a mesma coisa em chocolate e (imagina tu) mesmo sem morangos!

Se por "como tu" querias dizer assim um bocado para o desbocado... too late!

Abobrinha disse...

Eu Mesma

Quantas coisas estão a tão pouca distância que quase podemos tocar-lhes. E algumas nem precisam de uma pegada de carbono tão pesada!