quarta-feira, 4 de março de 2009

Uma ajudinha à NI

A NI lançou um desafio neste post que não tem tido muitos aderentes (eu fui uma das que não aderiu, por motivos vários).

Eu sei como o romantismo diz muito à moça e apesar de não ter uma molécula romântica no corpo (embora a NI insista que tenho), divulgo no meu tasco o desafio dela. É uma demonstração de amizade pura e simples pela NI. Porque para mim (que até sou imensamente palavrosa) as acções valem mais que as palavras. As palavras enganam, as acções são inequívocas.

Por isso copio palavra por palavra este post dela. E faço três acrescentos:

1. Se não quiserem assinar, pela timidez em exprimir sentimentos, comentem como anónimos ou com nicks inventados (um pouco à semelhança do que já fazem com o consultório sexual);

2. Exprimam-se em prosa ou poesia. É que eu sei que há pessoal desse lado que também não se ajeita com a poesia... e eu compreendo, porque também não tenho veia poética (sou mutante);

3. E isto é só meu: se quiserem... puxem a coisa para a badalhoquice! Só para tornar as coisas interessantes!!! Mas não se esqueçam de tentar ir para coisas (aaaaaaaagh!) românticas. Só pela NI.

"A Abobrinha, a propósito do dia dos namorados lançou um desafio que consistia em escrever uma quadra que fizesse corar quem inventou o dia dos namorados.

O objectivo foi amplamente ultrapassado. Os participantes demonstraram todo o sentido de humor típico de um bom português.

Copiando a ideia (qualquer dia a Abobrinha coloca-me um processo por plágio), vou lançar um desafio mas com um objectivo diferente. Será que cada um de nós é um verdadeiro Poeta e consegue escrever frases únicas que demonstrem os nossos sentimentos?

Platão afirmou:

“Não há ninguém, mesmo sem cultura,
que não se torne poeta
quando o Amor toma conta dele”

Devo confessar que em 44 anos nunca me escreveram uma carta de amor e/ou um poema. Acredito que devo ser das poucas mulheres da minha geração a quem isto aconteceu.
Mas, na verdade, o ser humano não se atreve a dizer o que sente. Seja por timidez ou porque o mundo dos afectos é tão complicado que muitas vezes somos incapazes de nos expressar.

Daí o desafio.

Toca a perder a timidez e escrevam aqui um poema ou uma quadra que gostariam de escrever à pessoa que amam. Se não amam, inventem...

Depois votaremos na melhor."

ADENDA: Alto!!! Isto é prenda de aniversário da NI!!! Vá, façam um esforço! Eu vou tentar, mas não garanto nada! E eu NÃO SOU ROMÂNTICA!!! Isso é uma campanha de difamação promovida pela NI!!!

12 comentários:

NI disse...

Minha querida, eu sei que sou uma romântica inveterada apesar das pancadas que levei, levo e, com toda a certeza levarei.

Mas, e não tenho qualquer dúvida, tu és uma romântica. Os que ainda têm a capacidade de acreditar no "outro" são românticos.

Agora, quanto ao desafio, já que tiveste este gesto que sabes que me caiu fundo, mereces que diga o porquê do desafio:

Conforme referi nunca recebi mensagens de amor. Hoje não será usual mas na minha geração ainda era.

Ora, aqui a menina vai fazer para a semana que vem uns terríveis 44 anos e decidiu que este desafio seria uma bela prenda de anos.

Pronto. Está dito.

Sadeek disse...

Eu já contribui! E deixa-me dizer-te que vou ganhar de caras... :D

BEIJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO

O Sousa da Ponte disse...

O Sousa, rapaz nado e crescido na Inbicta, tenta não cair muito na badalhoquice...

Ai moça se te apanho
Entre mim e o chom que pisas
Cagar podes cagar
Mas mijar é que num mijas.

Joaninha disse...

Ora deixa-me ver...mmmm...

Queres que deixe aqui ou no blog da NI?

vou lá deixar :)

Eu mesma! disse...

ok....
já lá vou passar....

mas confesso que não tenho veia poética mas... vou tentar....

:)

Salto-Alto disse...

Vou lá passar (mas anonimamente! ;p)

pinxexa disse...

És romântica sim senhor!!!!!
Não é difamação nehuma!
E então quando estás com a pistola na mãopara matar o gajooooo!!!!!!!
:-)
beijito doce

Abobrinha disse...

Salto-Alto

Vê se deixas lá qualquer coisinha, que eu para poesia... nicles!

Abobrinha disse...

Pinxexa

Se achaste esse momento romântico, ainda estás pior que eu! Mas isto pode ser o início de uma bela amizade!

NI disse...

Pistola na mão para matar um gajo, um momento romântico?

Espera aí...é uma imagem. Isto é, pistola...mão...matar (penso que de prazer)...um gajo. Percebi a ideia!

Boop disse...

;)

Caranguejo disse...

Abobrinha desculpa lá, e não que esteja a duvidar de ti as deves de ter uma réstia de romantismo dentro de ti e não por seres mulher que digo isto, apenas como ser humano que gosta e quer ser amado têm sempre mesmo que em ínfima parcela um pouco de romantismo lá fundo do seu ser…

Beijinhos