quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

A verdadeira "cereal killer"

Comprar cereais “Special K” é regra geral uma ciência simples: olha-se para as caixas de 350 g e para as de 700 e pensa-se em quem são os patos que compram os pacotes mais pequenos, porque são claramente desfavoráveis em termos de preço e aquilo gasta-se de carago de qualquer modo. Não é assim fácil enganar uma Abobrinha com essas coisas!

Acontece que o pessoal das grandes superfícies não dorme em serviço, como constatei na minha visita ao Jumbo de Gaia. Na figura mostro as várias opões que se me apresentaram (alguém por favor me diga que é normal fotografar etiquetas de preço num hiper-mercado!):

A – 2 caixas de 500 g a € 5.89
B – a mágica caixa de 700 g a € 4.19
C – A inocente caixinha de 375 g a € 1.98
D – A caixa especial de folheto, 500 g a € 2.89

O que é que pensa uma gaja (note-se que é a mesma que pensou em tirar fotografias às etiquetas... e tirou!)? Pensa em calcular o peso do artigo por quilograma! Duuuh! Fácil, não?

Assim, temos:

A – € 5.78 / kg de cereais
B – € 5.99 / kg de cereais
C – € 5.28 / kg de cereais
D – € 5.78 / kg de cereais

É óbvia a minha opção, não é? E a opção foi... a B! E nesta altura vocês pensam: claro que só fizeste as contas quando chegaste a casa e este post é uma pequena lição de economia doméstica, e a desonestidade das grandes superfícies? Não: eu saquei da calculadora “in situ” e fiz lá mesmo as contas, pelo que foi uma escola informada e realmente a publicidade às promoções não foi enganadora de todo. Então...???

É que abanei todos os pacotes e fiquei com uma cisma: fiquei convencida de que todos os mais baratos estavam esmagados ou meios humedecidos pelo som que faziam contra a caixa. Daí ter optado pela de 700 g. E estariam mesmo? Não sei! Mas uma mulher cismada é quase pior que uma mulher zangada! Mesmo porque uma situação pode evoluir para a outra com muita facilidade...

15 comentários:

Bacardi disse...

Muito bem, vejo que a minha futura, doce e vitaminada esposa é uma senhora de bons hábitos de compras. Mas não sei se a tua intuição estará ou não correcta. Normalmente esses cereais são selados em embalagens com algum ar lá dentro, para evitar que humedeçam ou se esmaguem. Mas existe sempre essa possibilidade.

Falando ainda de um outro tema importante: quando vou eu às compras, opto quase sempre pelas embalagens maiores. Desde que saiba que as coisas não se estragam, tendem a ser mais práticas e mais baratas (não é o caso). Mas, acima de tudo, embalagens maiores significam menos papel e plástico por quantidade efectiva de produto, o que é menos prejudicial para o ambiente.

Abobrinha disse...

BAcardi

Noutras coisas a minha intuição não me costuma enganar (mas já enganou). NEste caso acho que fiz asneira. Mais: já achava na hora, mas mesmo assim comprei o grande. QUe é que queres? Cismas!

A minha política de compras é a mesma que a tua. E evito precisar de sacos plásticos (por acaso aqui prevariquei), pelo que ou os levo de casa ou levo um saco de compras. Sou uma compradora consciente! Embora pela amostra pareça ser um bocado alvoada!

NI disse...

E não é que andámos as duas no mesmo sítio e a comprar a mesma coisa? E comprei a B também, mas só porque gosto de coisas grandes, ahahahahahah.

Não me digas que andaste por lá por volta das 20.00 h. Seriam coincidências a mais.

:-)

L!NGU@$ disse...

LOL! Compraste por causa do som que faziam ao abanar a caixa? Muito bom!

Abobrinha disse...

Ni

Por acaso eu andei por lá a essa hora mesmo! Na volta cruzamo-nos, mas eu não me dei conta. Não porque não fosse capaz de te reconhecer pela foto, mas porque sou tão alvoada que seria capaz de não reconhecer a minha própria mãe quando estou nas compras.

Essa da preferência por coisas grandes... ...

Abobrinha disse...

L!ngu@$

Eu bem que aviso que sou estranha, mas ninguém acredita! Na volta porque está tudo distraído com os espremedores de citrinos, não? ;)

Cristina disse...

Abobrinha, és a minha guru das compras... :)

Esquece lá isso do consultório sentimental e dedica-te às lições de economia doméstica :D

Abobrinha disse...

Cristina

Eu? Guru?

Então e um espremedor de citrinos não é economia doméstica? ;)

Cristina disse...

Minha cara, descobrem-se gurus nos locais menos (ou mais) insuspeitos! Hahahaha

Espremedor de citrinos? Ó diabo...

Eu mesma! disse...

claro que sim minha querida...
é perfeitamente normal andar a tirar fotos aos preços dos flocos...

mas eu concordo contigo....
eu prefiro os grandes aos pequeninos atarrachados!

Abobrinha disse...

Eu mesma

Uuuuuuuuuuui, e ela a dar-lhe com a coisa grande! A coisa é a caixa, claro!

Eu mesma! disse...

eu?????
que disparate.....

eu gosto é de poupar idas aos supermercados... e os maiores duram mais tempo...

as caixinhas claro!

Abobrinha disse...

Eu mesma

Não sei se o tamanho do pacote influencia a duração do acto, mas li que 10 minutos é a duração ideal.

Ou estavas a falar de cerais?

Eu mesma! disse...

sim... dez minutos para se comer uma taça de cereais parece-me exactamente real e verdadeiro...

falavas de cereais correcto?

Abobrinha disse...

Eu mesma

É claro que eu estou a falar de cerais? De que mais é que eu estaria a falar? Achas que eu tenho uma mente porca ou quê?

10 minutos dá tempo para saborear e apreciar devidamente a coisa! Sendo que antes tem que se preparar devidamente... o que pode demorar... muuuuuuuuuuuito tempo!