domingo, 18 de maio de 2008

Se tivesse uma mulher assim rifava-a!

Claro que rifas é coisa de parolos! Hoje há o E-Bay, o Hi-5, os blogues (e há cada um!), os telemóveis e os blackberries. E de qualquer modo, andar a fazer papelinhos com números e um sorteio é ambientalmente pouco correcto.

A frase mais actual seria: se tivesse uma mulher assim punha-a no Ebay. Nessa altura o seu nome seria Paul Osborn e você seria de Blectchley (??????), Reino Unido. Podem ver a notícia aqui e aqui.

Por uma "cheating, lying, adulterous slag of a wife" (há coisas que dispensam tradução e até fica pior) ofereceram-lhe £ 500 100... é dinheiro! Assumindo que isso são € 630 000 e não € 630... isso é muito mais que 17 anos de casamento com um jornal semanário de prestígio. Um bocadinho deprimente, se formos a pensar no assunto.

O que é que dariam por uma mulher séria e fiel? Fica-me a dúvida! Pensei que ter já um registo de livrete desvalorizaria a mercadoria, mas afinal parece que não.

O que me parece é que o tipo devia ter rifado era o cérebro dele com a indicação "como novo": assim como assim parece ter pouco uso. Alternativamente os cornos, mas aí parece-me que o argumento de venda seria fraco: cornos à muitos!

6 comentários:

Osvaldo Lucas disse...

Ahhhh... o valor de sabermos com o que poderemos contar!

Abobrinha disse...

Osvaldo

Já sabes: por uma cheating, lying adulterous slag of a wife podes comprar uma bruta casa! Quase vale a pena um par de cornos por causa disso!

Já agora, uma fiel tem mais ou menos valor?

Anónimo disse...

Abobrinha! Está a tomar valores absolutos...
Para o Xeik Podrederico, com 19 palácios, 11 quintas, um aeroporto,...., 600 mil euros por uma senhora bem adjectivada pode ser uma excelente oportunidade.

Qual o valor de uma fiel? Nenhum. Está fora do mercado!

Abobrinha disse...

Anónimo

Eu acho que o pessoal queria saber que truques ela era capaz de fazer para cornear o marido.

Refira-se que na fotografia no Ebay ela estava a tirar macacos do nariz. O que prova a teoria de que o homem é primo do macaco.

Cá para nós, quem ofereceu aquele guito todo foi a mulher, só para deixar o marido encaralhado...

Osvaldo Lucas/" Anónimo" disse...

Bolas, não tinha ido ver os links para os jornais!!!


Quanto aos truques parece que usou o velho de arranjar quem está mais próximo - um colega! Desconhecia certamente a Internet!! Até lhe chegarem os zumbidos do ebay, claro.
Com tão baixas qualificações/formação profissional se calhar o preço oferecido foi mesmo demasiado elevado.

E sim, o marido ficou tão entalado que retirou o anúncio. É que se a oferta não se mantivesse as custas a caminho não teriam garantia hipotecária.

Mas continuo a achar que um questionário de 200 páginas, juntamente com interrogatório do 3º grau com uma máquina da verdade e declarações juradas dos conhecidos e amigos era uma mais valia na altura de pensar juntar os trapos. Ou em alternativa podia-se comprar a informação relevante no ebay caso fosse uma escolha em segunda mão...

Abobrinha disse...

Osvaldo

Na internet todos os gatos são pardos (tenho algures um post acerca disso). Dito isto, na vida real todos os gatos são mais ou menos dessa cor, por isso já não sei nada.

Quanto ao questionário de 200 páginas, há pessoas que conseguem mentir em questionários de 400 páginas, enganar amigos e conhecidos e a si mesmos por isso... não será tudo uma questão de fé? Também já não sei nada nestas coisas! Se é que alguma vez soube, o que não me parece que seja o caso.

Nesse aspecto, o coleguinha pode não ter sido má escolha. Se bem que o ambiente no trabalho deva ser estranho nesses casos.