quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Fogo, estou a ficar um gajo!

Um dia destes, entre outras trocas de palavras igualmente construtivas um amigo disse-me que ia sair com um monte de amigos, um dos quais uma amiga lésbica. Pergunto eu: "é gira?", ao que me responde ele "Não!". Resposta aqui do "je": "Então não interessa!".


Quer dizer, e eu perguntei da densidade intelectual da moça, da capacidade de ser leal, da integridade, princípios, bondade, talentos, se é querida? Não: só faltou perguntar se tinha mamas grandes!

E daí... quando me falam de um gajo, também pergunto se é giro... na volta é normal!

10 comentários:

Sadeek disse...

És pouco devassa és... :P

Abobrinha disse...

Sadeek

Não: devassa teria sido se tivesse perguntado pelas mamas grandes. E não tenho culpa de ter amigos malucos! Bem... até tenho! Mas gosto deles!

Salto-Alto disse...

LOL! Estás bonita, estás! ;)

AlfmaniaK disse...

Se mostrar interesse pelo aspecto físico é normal?
Então?! Então?!!!! É normalíssimo! A beleza interior, é um eufemismo para desbloquear conversas, não para as ter! Isso e perguntar se tem horas...
Ambas as situações não são coisa de gajo, mas de gente lúcida!

Abobrinha disse...

Salto-Alto

Nitidamente não me apanhaste o ano passado na fase das fufas. Escrevi posts de pôr os cabelos em pé!

Abobrinha disse...

AlfmaniaK

Pois... mas tu és um gajo! Como tal, não tens grande credibilidade para falar nessas coisas! (Estava a gozar!)

Sadeek disse...

Pois...tu perguntas se a fufa é gira...mas os amigos é que são malucos...a perspectiva é de facto uma coisa fabulosa... ;)

Abobrinha disse...

Sadeek

Mas os meus amigos SÃO malucos! Daí a confiança em ter dito uma coisa dessas! Bem... e daí... era capaz de ter dito mesmo se eles não fossem malucos!

O pensador disse...

Ó Abobrinha...e se ela calhasse de ser mesmo gira?
Não me digas que de repente...

:-))))

(Ps: Seria giro a gente começar a ouvir-te dizer que os rabos de "mulher-casada" são gajos para ti!...hehehe)

Abobrinha disse...

Pensador

Bem, rabos de mulher casada seriam na mesma rabos de uma mulher comprometida, não? O princípio é o mesmo!

E se eu de repente virasse de orientação, era alguma vergonha? Digo-te já que aumentava o meu valor comercial para alguns homens! Na volta é um investimento seguro...