terça-feira, 18 de dezembro de 2007

Macaquinhos de imitação

No Público de hoje:

"Estudo publicado na “PLoS Biology”
Os macacos também sabem somar"

"Os macacos sabem fazer contas de somar de cabeça tão bem como qualquer estudante universitário [...]

A equipa testou quatro macacas “rhesus”. Quanto aos humanos, escolheram-se 14 estudantes da Universidade de Duke [...]

Os humanos acertaram em 94 por cento das vezes, contra 76 por cento nos macacos, mas o tempo de resposta foi idêntico em ambas as espécies (cerca de um segundo). "

Jovem, se estiveres a pensar candidatar-te à universidade de Duke... começa a considerar alternativas!

"este resultado significa que humanos e macacos terão partilhado um antepassado que já possuía noções básicas de aritmética"

Não! Este resultado revela os dramáticos e perniciosos efeitos do consumo excessivo de bananas pela população universitária de Duke. Carago, 14 estudantes universitários não dão uma cabazada em 4 macacos? E na volta os macacos eram de Letras!

Jovem, consome bananas com moderação e com os cuidados enunciados pela Abobrinha no post anterior! Um dia destes vais ver que parte deste problema se deve a falta de sexo... das bananas! Confuso? É mais simples do que parece. I'll be back soon for another cartoon!

9 comentários:

farfalho, o maltês disse...

O macaco da tua terra, sabe tanto que ainda não foi dentro. Ou será que tem bons mestres?

Nunca me enganaste.

farfalho, o maltês disse...

Bom Natal.

Vai ver a minha arve....

Joaquim Simões disse...

Hmmm...! Não me parece que a culpa seja das bananas. Suspeito que de que se trate antes do reflexo do social-macaquismo reinante por aquelas bandas (e não só).
E que história é essa da perna da Joaninha? Não fomos informados de nada!

Abobrinha disse...

Pharphalho!!!

Carago, já não ia ao seu estaminé há um tempo! Pensei que ainda estava de greve, mas afinal voltou. Benvindo!

Gostei da sua árvore de Natal, mas... eu ainda não acabei de distribuir prendinhas por aqui... ... é uma ameaça! E uma promessa!

Abobrinha disse...

Joaquim

A Joaninha tem umas pernas jeitosas. É só isso que é para saber!

O post sobre fufas não está esquecido: está a marinar!

Carago, ninguém apreciou a piada de os macacos serem de Letras!

ZumZumMataMoscas disse...

Aboborinha, dificilmente esses macacos seriam de letras!!!
Além de mostrarem uma especial aptidão pelos números, tanto quanto sei, os macacos não são muito de letra e preferem atacar rapidamente a fruta.
Aliás, neste aspecto têm algo em comum com as meninas de letras, ... elas também atacam rápidamente a banana de qualquer macaco!!!!

http://zumzummatamoscas.blogspot.com/

Abobrinha disse...

ZumZum

Benvindo de volta!!

Olhe, as de Letras que eu conheci eram um bocadinho lentas e biqueiritas (não se atiravam assim a qualquer coisa). Na volta na minha altura eram de uma estirpe menos virulenta. Por alguma coisa eram chamadas "chocas". Dito isto, eu nunca andei assim com grandes companhias. E eu era melhor a línguas que muitas de Letras que conheci... ... ooops... quer dizer, bem, não interessa!

Lá está: se estes macaquinhos fossem de Engenharia, de Ciências ou mesmo de Gestão, os 14 da Universidade de Duke tinham apanhado uma cabazada!

P.S. Só para que conste, eu tinha um par de amigas de Letras e eram uma doçura, inteligentes e desenrascadas. Mas tinha que manter a falta de nível aqui do sítio.

Joaquim Simões disse...

Abobrinha:
Eu percebi a piada, mas garanto-te que as Ciências não andam (lá muito) melhores!
Volto à carga no fim-de-semana.
Até lá.

Abobrinha disse...

Joaquim

É assim: da minha dieta não constam gajas de Ciências (têm muito colesterol e engordam imenso). Mas se forem como uma menina que ouvi em Serralves aos gritinhos de "o Sobrinho Simões tocou neste casaco! O Sobrinho Simões tocou neste casaco!"... ... o mundo está de facto perdido!