segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Nova série de rapidinhas - 7

Nós é mais Aretha Franklin, seja em que forma física (engordou "um bocadinho" a dada altura). Nós é mesmo mais vozeirões. E umas quantas de donas de vozeirões são portuguesas!


A imagem abaixo é a capa do CD que está neste momento no meu carro. Antes estava outro vozeirão: Beyoncé!

5 comentários:

indomável disse...

Olha, o que eu estou a ver é que tu atiras para a pele de canela e chocolate...

Eu também tenho qualquer coisa que me empurra para esses lado. Como te dizia noutro dia, aquela Hale Berry... Ou então, que me dizes daquele fulano o Craig David? Oh sim, bom aspecto!
Bem, vá lá ver se tens juizo...

Abobrinha disse...

Indomável

Eu não sou esquisita com a pele! Nem com o cabelo. Nem com a falta dele. Para falar verdade, não sou esquisita mesmo! Tem é que ter um certo "je ne sais quoi", físico ou não. E antes que me dê conta, estou apanhada!

Hei-de fazer uma lista de meninos de que gosto, mas há uma pequena dificuldade: eu tendo a gostar dos reais e não das estrelas de cinema ou de música! E eu não vou estar aqui a debitar a lista dos meninos que me impressionaram em concreto por mais que muitos motivos. Entre os quais porque de alguns não tenho fotografia!

O Craig David é muito direitinho, muito limpinho (demais), barbinha aparada demais, certinha demais, muito sorrisinho à boys band e não tem uma voz por aí além. O que é o maior handicap dele, sinceramente (sou extremamente sensível à voz e ao sotaque, como a muitos pormenores). Fez uma vez um dueto com o Sting, que já de uma idadezinha ainda está para as curvas. E é de pele cor de leitinho sem chocolate nem café. E come-se sem açúcar nem mais acrescentos! Mesmo crú, como a gente gosta!

Sendo que gosto de regalar os olhos, não é critério absoluto. Nenhum dos homens de quem gostei a sério iria direitinho para o caixote do lixo de ninguém (não sem se chupadinho em condições...), mas a beleza de todos eles (sendo também física) transcendia só o aspecto.

Krippmeister disse...

Pois eu estou do lado oposto do espectro. Estou no pólo dos carecas cor de rosa. Quem agradece é quem ficar atrás de mim no cinema...

Abobrinha disse...

Herr Krippmeister

Se reparaste bem, eu detalhei que não sou esquisita e mencionei pormenores de interesse na tua óptica.

Acho que, a seguir ao restinho das fufas, vou fazer a série possível de homens que me "titilam". Um deles é ainda mais cor de rosa que tu. Depois vês.

Mas esses posts não vão ser sequer muito interessantes para mim: é que eu tendo a ter a abordagem Dove aos homens: prefiro-os reais, mas não posso postar os reais, que me titilaram a dada altura e porquê. Mas vou tentar manter a coisa dentro de uma (falta de) nível decente. TEnho uma reputação a manter!

Abobrinha disse...

Ooops... acho que me repeti um bocadinho. Não interessa, porque parece que não tinhas lido o comentário anterior. E depois, dá muito trabalho apagar este comentário e escrever um novo. Fica mesmo assim!